sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Bruno Xavier arrebenta, e Brasil goleia a Suíça na estreia de Grand Prix na China

(Foto: Reprodução)


Olhares atentos e celulares em punho. Eufórica, a cidade de Quanzhou acompanhou possivelmente o primeiro duelo de futebol de areia em sua história. E viu o Brasil golear a Suíça por 10 a 3, com show de Bruno Xavier, melhor jogador do mundo em 2013. Autor de cinco gols, o camisa 8 comandou a seleção brasileira na estreia do Grand Prix Internacional disputado na China. Os outros gols foram marcados por Filipe (2x), Antônio, Bryan e Lucão. A vitória manteve a invencibilidade do time, que agora tem 48 jogos seguidos sem derrota. Neste sábado, às 4h30 da manhã (horário de Brasília), a equipe encerra sua participação no torneio diante do Peru.

- Acredito que estamos entrando muito concentrados. Essa coisa de invencibilidade tem trazido uma responsabilidade a mais. A garotada que veio suportou isso. Colocamos um ritmo de jogo logo no primeiro tempo, sem fugir da nossa característica. Eles vieram com um time jovem, mas conseguimos dar uma sequência na continuidade da partida - disse Bruno Xavier após o jogo.

O torneio amistoso foi organizado pelos chineses para ajudar no desenvolvimento do esporte na região. Além dos dois jogos em Quanzhou, o Brasil também visitou uma escola primária da região e interagiu com as crianças. Na universidade da cidade, a comissão técnica conversou com alunos e apresentou o futebol de areia. E antes da estreia da competição, os alunos foram convidados para participarem do treino do Brasil, brincando na areia com os jogadores.

Bruno Xavier domina o confronto

Se em 2009 Brasil e Suíça fizeram a final da Copa do Mundo, no tetracampeonato da seleção, desta vez os europeus não tiveram a menor chance. Logo aos 46 segundos, Bruno Xavier bateu no canto direito de Roos e fez 1 a 0. Em seguida, Lucão, aos quatro minutos, ampliou em chute de média distância. Ainda na primeira etapa, Hodel, de pênalti, deslocou o goleiro Mão e diminuiu, mas Filipe fez 3 a 1 ao brigar pela bola e bater ainda com o corpo no chão, fechando a etapa inicial em 3 a 1.

Na volta para a segunda etapa, Bruno Xavier deu show e resolveu a partida. Em cinco minutos, anotou três gols, em tiro livre e em chutes de média distância, abrindo 6 a 1 para o Brasil. Nas arquibancadas, os chineses aplaudiam e festejavam cada bicicleta ou lance de habilidade dos brasileiros. No finzinho do segundo tempo, Bryan ainda fez 7 a 1 para a seleção brasileira.

Com o jogo resolvido, o Brasil passou a administrar e diminuiu o ritmo no ataque. Hodel, de novo, bateu do meio da quadra e fez 7 a 2. Mas Bruno Xavier, logo em seguida, meteu 8 a 2, no seu quinto gol na partida. Antônio, que veio do banco, fez 9 a 2, e Filipe, em passe de Bruno Xavier, anotou o décimo gol brasileiro. A Suíça ainda descontou com Steinemann, em golaço de bicicleta, mas a goleada da seleção já estava sacramentada.

Globo Esporte