quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Funcionários retornam as atividades após paralisação no Botafogo-SP

(Foto: Reprodução)

Por Redação Blog do Esporte


Funcionários do departamento de manutenção e motoristas do Botafogo-SP retornaram as atividades nessa terça-feira (12). Eles haviam paralisado os trabalhos na segunda-feira como forma de protesto pelo atrasado no pagamento de salários.

De acordo com o presidente do clube, Gerson Engracia Garcia, a diretoria se reuniu com o grupo e acertou que eles voltassem a trabalhar e pelo pagamento dos atrasados até na sexta-feira (15). Funcionários dos setores administrativo e limpeza também estão sem salários.

"Não tem um setor ou outro. São os funcionários de maneira geral. Temos que acertar com todos, e não somente com esses funcionários. Temos recebimentos que demoram a acontecer porque estamos, desde o dia 9 de setembro, sem disputar nenhuma competição. Temos muitas despesas e pouca receita", explicou o presidente para uma rádio local.

A semana também foi de interdição no Estádio Santa Cruz. Com o laudo de segurança vencido, a diretoria apresentou uma nova documentação a Federação Paulista de Futebol (FPF), que rejeitou em um primeiro momento, apontando algumas falhas de segurança e infraestrutura. Entretanto, o Santão foi liberado nessa terça-feira, após a apresentação de um novo laudo, que foi aprovado pela Federação.

O estádio do Botafogo será sede da Copa São Paulo no começo de 2018. A iniciativa é uma das ações pelo 100 anos do clube, que será comemorado no dia 12 de outubro de 2018, além dos 50 anos do Santão, que serão comemorados no dia 21 de janeiro.