segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Reforço, permanência e futuro: o que sabemos sobre a zaga do Palmeiras

(Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras)


Um dos setores com mais mudanças no Palmeiras recentemente é a defesa. Neste ano, foram duas saídas (venda de Vitor Hugo e empréstimo de Thiago Martins) e duas contratações (Juninho e Luan). Para 2018, já há um reforço certo: Emerson Santos, do Botafogo.

Outra confirmação é a – antes não cogitada – permanência de Antônio Carlos, cujo contrato vencia no fim deste mês e será prorrogado por uma temporada. Apesar de ter jogado poucas vezes com a camisa alviverde, ele se saiu bem nas nove partidas disputadas.

Já o retorno de Thiago Martins ainda não está definido. Depois de ter sido emprestado ao Bahia no segundo semestre, ele voltaria a se apresentar na pré-temporada, mas pode ser envolvido em outro negócio.

E Yerry Mina? No contrato do colombiano, há uma preferência de compra do Barcelona depois da Copa do Mundo de 2018. O Palmeiras não tem interesse em se desfazer dele antes disso. Para que o clube espanhol possa levá-lo em janeiro, os termos financeiros do acordo teriam que ser renegociados.

A possibilidade de saída de Mina, especulado também em outros clubes da Europa, voltou a ser cogitada ao mesmo tempo em que Pablo não se acertou para continuar no Corinthians. Apesar de o zagueiro ter sido oferecido, a diretoria descarta o negócio no momento.

Globo Esporte