terça-feira, 26 de dezembro de 2017

United reage, empata nos acréscimos, mas tropeça no Burnley em casa

(Foto: Reuters)


Após uma derrota na Copa da Liga Inglesa para o Bristol City e um empate contra o Leicester no Inglês, José Mourinho decidiu mexer no Manchester United e mandou para campo um time bastante ofensivo contra o Burnley, com Ibrahimovic, Lukaku e Rashford pela primeira vez juntos como titulares. No entanto, o tiro saiu pela culatra e os visitantes abriram 2 a 0 no primeiro tempo. Com as alterações feitas no intervalo, os Red Devils se orderam um pouco mais e conseguiram uma reação, com dois gols de Lingard. Mas, já era tarde. O empate em 2 a 2 serviu apenas de consolo e foi o terceiro jogo sem vitória da equipe.

Com o empate, o Manchester United segue em 2º lugar no Campeonato Inglês, agora com 43 pontos, mas viu o Chelsea se aproximar, com 42. De quebra, ainda pode ver o City abrir uma distância de 15 pontos se vencer o Newcastle na quarta-feira.

O Burnley continua com ótima campanha na competição. Com 33 pontos, a equipe segue em sétimo lugar, na cola do Arsenal (34) e Liverpool (35), que ainda jogam na rodada.

O trio de ataque formado por Rashford, Ibrahimovic e Lukaku não funcionou. Com o sueco e o belga jogando juntos pela primeira vez como titulares, o United careceu de armação perto da área e ainda abusou dos chuveirinhos para tentar aproveitar a altura dos atacantes. Parecendo ainda estar sem a melhor forma, o sueco foi sacado no intervalo e o time melhorou no segundo tempo.

Com apenas dois minutos, o Burnley surpreendeu e abriu 1 a 0 no placar. Em cobrança de falta na área, Barnes aproveitou a bola viva na área e mandou para a rede. Sem conseguir se entender em campo com o esquema tático diferente, o United pressionava, mas sem muita organização. Aos 35, os visitantes ainda ampliaram. Defour cobrou falta com perfeição, sem chance para De Gea. Os Red Devils foram com tudo para diminuir a diferença, mas Mee, em cima da linha, e Long, travando Ibrahimovic, mantiveram o placar em 2 a 0 no primeiro tempo.

Mourinho mexeu no time e voltou com dois mudanças que surtiram efeito no segundo tempo. Logo aos 5 minutos, Lingard perdeu chance incrível, praticamente embaixo do gol. Mas, aos 8, ele se redimiu e marcou um golaço de letra para diminuir o placar. O Burnley recuou ainda mais e o United foi para cima, jogando boa parte do tempo com todos os jogadores de linha no campo de ataque. No entanto, os Red Devils abusaram dos chuveirinhos para área e, por pouco, não saíram derrotados no Old Trafford. Só aos 46, após sobra na área, Lingard, de novo, empatou o jogo.

Globo Esporte