domingo, 14 de janeiro de 2018

Australiano dá show de arrogância após eliminação no quali: "Eu só conto dinheiro"

 (Foto: Getty Images)


Muitas vezes polêmico em quadra e fora dela, Bernard Tomic voltou a aprontar, desta vez no Aberto da Austrália. Jogando em casa e contando com a torcida local, ele acabou derrotado na terceira rodada da fase de qualifying para o italiano Lorenzo Sonego (218º do ranking) por 2 sets a 1, parciais de 6/1, 6/7 (5) e 6/4, e está fora da chave principal do torneio. Porém, logo após o jogo, mostrou que pouco se importou com o resultado.

- Eu só conto dinheiro, é o que eu faço. Conto milhões (...) Vá fazer o que eu fiz. Vá fazer 13, 14 milhões (de dólares). Boa sorte, galera. Tchau, tchau - disse ao "Channel 7" na saída de quadra.

A participação de Bernard Tomic no qualifying ficou em dúvida até dias antes da disputa. Isso porque o jogador esperava receber um convite da organização do Aberto da Austrália para entrar direto na chave principal. Com um currículo recheado de polêmicas e punições, o australiano acabou sem o "wild card" e precisou jogar a classificatória.

Com 25 anos, o tenista já foi número 17 do mundo, em janeiro de 2016, mas despencou no ranking na última temporada e hoje ocupa a 142ª posição. No ano passado, em Madri, ele já havia mostrado arrogância após uma derrota com a quantia ganha na carreira: "Você se importaria se tivesse 23 anos e ganho mais de 10 milhões (de dólares)?".

Globo Esporte