quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Ceni exalta vitória na estreia, mas diz que Fortaleza não deve perder foco com goleada

(Foto: JL Rosa/Agência Diário)


A estreia como técnico do Fortaleza em um jogo oficial não poderia ser melhor. Rogério Ceni viu o seu Tricolor do Pici atropelar o Uniclinic, por 4 a 0, na primeira partida pelo Campeonato Cearense. E o resultado deu moral para o treinador e para o time, que vinha de dois resultados bons em amistosos de pré-temporada.

- A gente nunca espera o placar. O que a gente espera é uma equipe que jogue, tenha posse de bola. E o resultado vem daquilo que a gente faz no jogo. Foi o que aconteceu contra o Uniclinic. Nós podemos mostrar um bom futebol. Tivemos alguns erros, mas conseguimos corrigi-los ao longo da partida. O time como um todo se esforçou, teve bons momentos. E todos se entregaram muito dentro de campo. Não podemos desprezar isso - analisou.

Contudo, Ceni alerta que uma goleada como essa não pode mascarar o que tem ainda que ser corrigido. E que, com a próxima partida sendo já no domingo (21), o elenco não tem tempo para comemorar e já deve focar todas as atenções na equipe no adversário seguinte pelo Campeonato Cearense.

- Toda vitória é importante. O que a gente não pode é esquecer que foi uma primeira rodada de um campeonato. Então, não podemos perder o foco. O que aconteceu hoje termina hoje. A gente fica feliz, o torcedor fica feliz, mas tem que se focar no Maranguape, que é o nosso próximo adversário (pelo Campeonato Cearense). Agora, principalmente, que temos jogos para analisar dos adversários, vamos se focar em cima disso. Antes de jogar com o Uniclinic, a gente não tinha nenhuma partida do time para analisar, mas agora temos que nos focar plenamente nisso.

Rogério Ceni teve tempo ainda de reclamar do estado atual do gramado do PV, local da partida desta quarta-feira (17). O estádio, que já recebeu treinos de seleções durante a Copa das Confederações e a Copa do Mundo e sediou jogos importantes pelo Campeonato Brasileiro, não estava em bom estado para o treinador.

- O que atrapalhou mesmo foi o gramado, que estava muito alto. A bola não corre e fica ruim para o time que propõe o jogo. Mas acho que no Castelão (local da próxima partida) é mais fácil de desenvolver o futebol que a gente quer propor. Não que o gramado do PV seja ruim, mas a perna do jogador cansa com o gramado pesado. Espero que, com o passar dos dias e dos treinamentos, a gente vá ganhando mais condicionamento físico - disse.

Por fim, Rogério Ceni fez referência à marca do atacante Gustavo, que marcou quatro vezes contra o Uniclinic, nesta quarta-feira.

- O Gustavo teve uma grande noite. Estava inspirado e marcou esses quatro gols. Lá na minha estreia pelo São Paulo, já tem quase uns 30 anos, teve um jogador (Ceni não lembrou o nome) que marcou quatro gols também na partida. Eu estava como goleiro. E agora, na minha nova estreia, ele fez quatro gols também.

O Fortaleza volta a campo no próximo domingo (21), na Arena Castelão, às 18 horas (de Fortaleza). Com a vitória na estreia pelo estadual, o Leão do Pici assumiu provisoriamente a 3ª colocação no campeonato.

Globo Esporte