quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Halep vira sobre chinesa em Shenzhen e garante nº 1 para o Aberto da Austrália

 (Foto: Divulgação / Site oficial)


A vaga nas quartas de final do WTA de Shenzhen assegurou a posição de cabeça-de-chave número 1 do Aberto da Austrália para Simona Halep. Líder do ranking mundial, a romena começou o ano ameaçada por Garbiñe Muguruza e Caroline Wozniacki, mas a vitória desta quarta-feira lhe deu novo fôlego. Pior para a chinesa Duan Ying-Ying, eliminada em parciais de 3/6, 6/1 e 6/1.

Atual 91ª da lista da WTA, Ying-Ying tentava a primeira vitória da carreira contra uma tenista top 10. Até começou bem, faturando o primeiro set. Mas não conseguiu manter o ritmo e apenas evitou levar um pneu da europeia.

- Eu sabia que ela jogaria duro e acertaria todas as bolas, então sabia que precisaria de muita força nas pernas. Depois do primeiro set, tive que lutar um pouco para encontrar o ritmo, me aproximar da linha de fundo e abrir mais a quadra, o que fiz muito bem. Não foi fácil, mesmo com as parciais elásticas. Foi uma partida muito difícil – analisou.

Na próxima fase, Halep enfrentará Aryna Sabalenka, atleta de 19 anos de Belarus que desponta como sensação do circuito. Na terça-feira, a número 73 do ranking despachou a montenegrina Danka Konvinic com expressivos 6/1 e 6/9.

Wozniacki vai às quartas em Auckland e segue na cola

Caso não tivesse feito sua parte, Simona Halep veria sua posição de número 1 do mundo em risco pelas mãos de Caroline Wozniacki. a dinamarquesa precisou de apenas 53 minutos para derrotar a croata Petra Martic em sets diretos, com dupl 6/2. Com o resultado, ela avançou às quartas de final, fase na qual enfrentará a americana Sofia Kenin, que entrou na competição com um wild card.

Globo Esporte