domingo, 21 de janeiro de 2018

Proposta de R$ 884 milhões por Harry Kane não seduz Tottenham, diz jornal

 (Foto: Reuters)


Artilheiro do Campeonato Inglês e maior goleador de 2017, Harry Kane segue sendo especulado como possível reforço do Real Madrid, que estaria disposto a abrir mão de Cristiano Ronaldo para tanto. No entanto, de acordo com o jornal “The Times”, o Tottenham não está nem um pouco disposto a vender o “Furacão”. Nem mesmo uma proposta de 200 milhões de libras (R$ 884 milhões) - valor que os merengues estariam dispostos a desembolsar - tira o jogador dos Spurs segundo a publicação.

O valor astronômico, que é maior do que o pago pelo PSG ao Barcelona por Neymar (R$ 824 milhões), não seria suficiente porque, na visão de Daniel Levy, presidente do Tottenham, Harry Kane é fundamental para o crescimento do clube.

Na próxima temporada os Spurs vao estrear o novo estádio, e a ideia é que o camisa 10 siga no clube de Londres assim como técnico Mauricio Pochetino.

Sai CR7, entra Kane?

No entanto, segurar Kane não será fácil. O Real parece mesmo disposto a investir no jogador uma vez que, de acordo com o portal Eurosport, vai vender seu grande astro: Cristiano Ronaldo.

É, isso mesmo. Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, já teria dito ao camisa 7 que ele poderá ser negociado – Manchester United, PSG e futebol chinês são os candidatos.

Segundo a publicação, Cristiano estaria insatisfeito pelo fato do Real não reconhecer que seu salário está defasado em relação a Messi e Neymar, duas estrelas que ganham mais do que o luso cujo contrato com o Real Madrid vai até 2021.

Globo Esporte