sábado, 27 de janeiro de 2018

Sporting busca empate, ganha outra vez nos pênaltis e conquista sua 1ª Taça da Liga

 (Foto: MIGUEL RIOPA / AFP)


Com passagens pelas categorias de base do Porto, Tomás Podstawski foi determinante para o Sporting ser campeão da Taça da Liga de Portugal neste sábado, mas não por bons motivos. Depois de o Vitória de Setúbal abrir o placar logo aos três minutos, o meio-campo fez pênalti bobo que garantiu o 1 a 1 para os Leões aos 34 do segundo tempo, levando a decisão para as penalidades. Para piorar, Podstawski foi o único a errar sua cobrança, e a equipe de Lisboa venceu a disputa por 5 a 4 para conquistar a competição pela primeira vez em sua história.

Gonçalo Paciência abriu o placar para logo aos três minutos de jogo, ganhando a disputa com Coates na entrada da área, girando e chutando no canto para bater Rui Patrício. O Vitória de Setúbal até criou boas chances para fazer o segundo, mas o Sporting foi aumentando a pressão e obrigou o goleiro Pedro Trigueira a fazer duas grandes defesas as 29. Quando ia fazer a terceira, Podstawski cortou antes com a mão, e o árbitro marcou o pênalti com a ajuda do VAR. Bas Dost cobrou cinco minutos depois para deixar tudo igual e levar a partida para as penalidades. Na disputa decisiva, Podstawski voltou a falhar e chutou no travessão. William Carvalho, mesmo escorregando, acertou a quinta cobrança dos Leões e saiu para a comemoração.

A decisão deste sábado foi uma reedição da primeira final da Taça da Liga, disputada há 10 anos. Na oportunidade, após 0 a 0 no tempo normal, o Vitória de Setúbal levou a melhor nos pênaltis. Além dos dois, o Benfica já foi campeão do torneio sete vezes, e o Braga e o Moreirense têm um título cada.

Se a conquista é inédita para o Sporting, este é o sexto título da Taça da Liga para o técnico Jorge Jesus, que havia sido pentacampeão com o Benfica.

Globo Esporte