domingo, 4 de fevereiro de 2018

Roma faz gol no minuto inicial e ganha a primeira no ano

(Foto: Reprodução)


O ano não estava bom para a Roma. Mas o mês de janeiro passou, e a sorte, então, mudou. Neste domingo, o time da capital ganhou a primeira partida em 2018 graças a um chute no minuto inicial do jovem meia turco Cenzig Ünder, de 20 anos, de fora da área, rasteiro no canto. Venceu o penúltimo colocado Hellas Verona por 1 a 0, fora de casa, e encerrou um jejum de sete partidas sem sair de campo com três pontos - seis pelo Campeonato Italiano e uma delas pela Copa Itália.

Em quinto lugar ainda, logo atrás do quarteto que garante vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada, a Roma respira um pouco mais aliviada e mira os adversários que estão acima na tabela. Com 44 pontos agora, ficou a um da Internazionale e a dois da rival Lazio, abrindo vantagem para o perseguidor mais próximo, a Sampdoria, sexto com 38. O sonho do título é bem distante. Napoli e Juventus lideram com mais de 50 pontos. O Hellas Verona amarga a penúltima colocação, com 16.

Não foi uma vitória difícil, apesar da expulsão de Pellegrini, da Roma, aos seis do segundo tempo, e a pressão do Verona nos minutos finais. O goleiro brasileiro Alisson só trabalhou mais em saídas do gol para neutralizar passes e tabelou bem nos recuos com os pés, conseguindo manter a defesa da Roma como a terceira menos vazada do Italiano. Soma apenas 17 bolas na rede em 23 jogos, atrás apenas de Juventus e Napoli, com 15 e 14, respectivamente.

Além de Alisson, outros quatro brasileiros entraram em campo. Nicolas teve trabalho para evitar um prejuízo maior no gol do Hellas Verona. O meia gaúcho naturalizado italiano Rômulo se desdobrou para tentar neutralizar a Roma, e o atacante Ryder Matos, ex-Palmeiras e Bahia, pouco fez na frente. Gerson, ex-Fluminense, entrou aos 25 do segundo tempo, no lugar de Ünder, e ajudou o time da capital a administrar o resultado nos últimos minutos.

Globo Esporte