terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Torcedor pede desculpas por imitar avião em jogo contra a Chape: "Arrependido"

(Foto: Reprodução)


Um dos torcedores do Nacional que imitou um avião em alusão ao acidente aéreo envolvendo a Chapecoense pediu desculpas publicamente. Nicolás Correa, em entrevista à rádio uruguaia Sport 890, garantiu arrependimento pelos gestos no duelo contra o Verdão, na última semana, na Arena Condá.


- Quero pedir desculpas ao povo do Brasil, à Chapecoense e ao Nacional, que é minha vida e fiz um mal. Estamos totalmente arrependidos, tanto eu como o outro rapaz no vídeo. Tenho um sentimento de arrependimento porque prejudicamos o clube e estamos esperando uma punição - afirmou Correa.

Consciente do erro, Nicolás Correa afirmou que o ambiente na Arena Condá era pesado e diferente de 2017, quando os times também se enfrentaram. O torcedor foi banido do quadro de sócios do Nacional, que será julgado pelos atos dos seus torcedores - a Chapecoense já entrou com uma ação solicitando a exclusão da equipe.

- O clima antes do jogo estava quente, o pessoal da Chapecoense te agarrava e te insultava, coisas que ano passado não aconteceram. Dentro do estádio houve insultos de ambas as partes e desgraçadamente me ocorreu fazer esse gesto. Me excluíram do quadro social para sempre e estou na lista negra - completou.

O torcedor uruguaio ainda afirmou ter sofrido ameaças e falou que seus familiares estão preocupados com a segurança. Para Nicolás Correa, houve excesso no julgamento das atitudes.

- Acredito que houve uma condenação social, porque se você sai a roubar, matar ou estuprar, não te condenam como a mim. Recebi ameaças - encerrou.

Chapecoense e Nacional voltam a campo nesta quarta-feira, 21h45 (horário de Brasília). Na ida, o time uruguaio venceu por 1 a 0.

Globo Esporte