quarta-feira, 28 de março de 2018

Após goleada, jornal argentino detona seleção: “Faltam três Messis”

(Foto: Divulgação)


Argentina e Espanha se enfrentaram na tarde da última terça-feira em um amistoso pré-Copa do Mundo e o placar foi um inusitado 6 a 1 para os espanhóis. O jornal argentino Olé não deixou o péssimo resultado para lá e demonstrou preocupação com o Mundial que se aproxima. Na capa, uma foto de Messi com olhar assustado e os dizeres “Faltam três Messis” fizeram referência ao pouco tempo para a competição (três meses) e que toda a esperança foi colocada no camisa 10, que também não atuou em amistoso contra a Itália.

Além de estampar a capa, há uma matéria do jornalista Diego Macias, dizendo que falta muito para que a Argentina forme, de fato, uma equipe. “Espero que o sonho se realize e a equipe apareça, mas, diante desse panorama sombrio, as chances da seleção, primeiro de tudo, parecem cada vez mais restritas ao que Messi pode fazer”.

Em seu site, o Olé divulgou um artigo de outro jornalista, Sergio Maffei, que detona a atuação do técnico Sampaoli e também da maioria dos jogadores, excetuando apenas um ou outro. “A equipe nacional foi incendiada inteira, inteirinha. A 78 dias da Copa do Mundo, ela se autodestruiu”, inicia. “Havia várias maneiras de passar por este jogo sem Messi (também sem o Kun e Di María), mas, no final, a Argentina escolheu o pior. E mais do que um tapa, como o treinador disse, levou um nocaute histórico, aqueles que deixam marcas no rosto, perda de conhecimento e sequelas emocionais”.

Para finalizar, Maffei disparou: “Um papelão. Uma derrota humilhante. Uma bofetada histórica. Uma vergonha. O 6 a 1 foi um escândalo, mas, acima de tudo, doeu”.

Gazeta Esportiva