segunda-feira, 12 de março de 2018

Bauru sofre apagão, perde e é eliminado da Liga das Américas

(Foto: Reprodução)


O duelo do Bauru neste domingo, contra o Estudiantes Concórdia, pela última rodada das semifinais da Liga das Américas, era de vida ou morte para o time brasileiro. Jogando em Corrientes, na Argentina, o clube do técnico Demétrius Ferracciú chegou a liderar com certa folga, mas vacilou e perdeu para os rivais argentinos por 93 a 88, despedindo-se da competição internacional.

No primeiro tempo de partida, a equipe do interior paulista conseguiu abrir uma margem de pontos confortável na ida ao intervalo. Depois de fazer 25 a 15 no quarto inicial, os brasileiros alargaram a diferença no período seguinte, impulsionados por mais uma boa atuação de Rafael Hettsheimeir, liderando por 13 pontos na interrupção do confronto.

O terceiro quarto viu o Estudiantes Concórdia acordar para o jogo e correr atrás do prejuízo. Irreconhecível, o Bauru permitiu que os argentinos marcassem impressionantes quatorze pontos consecutivos no período e assumissem a liderança no duelo.

Nos últimos dez minutos, mais drama para os brasileiros. Os oponentes voltaram a ser mais efetivos e, novamente levando a parcial, saíram com a vitória e a classificação para a última etapa do torneio.

O destaque do confronto foi o jogador Anthony Smith, do Estudiantes. O ala-pivô americano anotou 27 pontos, combinados com sete rebotes e cinco assistências.

Com o resultado, o Estudiantes Concórdia se juntou às equipes do Regatas Corrientes, San Lorenzo e o Mogi das Cruzes no “Final Four” da competição internacional. O vencedor do confronto deste domingo enfrenta justamente o San Lorenzo na próxima fase.

Como previsto no regulamento da competição, quatro grupos de quatro times iniciaram a disputa, com os dois melhores de cada chave se classificando para as semifinais, fase finalizada neste domingo do torneio. As quatro melhores equipes, já citadas, avançaram para a última etapa da Liga das Américas.

Gazeta Esportiva