sábado, 24 de março de 2018

Federer é surpreendido por 175º do mundo em Miami e perde liderança do ranking

(Foto: Al Bello/Getty Images)


Uma surpresa gigantesca no Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, neste sábado. Número 175 do ranking mundial, o australiano Thanasi Kokkinakis virou para cima do suíço Roger Federer, líder da classificação, e venceu por 2 a 1, parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7-4). Com a derrota, Federer perderá a primeira posição no ranking, já que não conseguiu defender os pontos do título do ano passado. O novo líder será Rafael Nadal, que sequer está jogando na Flórida.

O australiano de 21 anos e 1,98m de altura, tem como melhor ranking da carreira a 69ª posição, obtida em 2015. Já disputou todos os Grand Slam ao menos duas vezes, mas ficou a temporada de 2016 inteira longe dos grandes torneios. Na carreira, chegou a uma final de torneio da ATP, em Los Cabos, ano passado, mas acabou derrotado.

No primeiro set, a quebra de Federer veio logo no quarto game, assim o suíço abriu 3 a 1 e, logo em seguida, anotou 4 a 1. No fim, 6/3, em 34 minutos. O suíço teve duas chances de quebra e conseguiu uma, enquanto o australiano não conseguiu nenhuma possibilidade de vencer o game no saque do líder do ranking.

No segundo set, o australiano conseguiu uma quebra logo de cara, se manteve na frente e fechou 6/3. Foram três aces e uma salvada primordial de um break para o australiano, que venceu o set em 28 minutos. O segundo saque do suíço não entrou na parcial inteira, dificultando seus games de serviço.

O terceiro set seguiu igual, com os dois tenistas confirmando seus saques. No sexto game, Federer teve três chances de quebra, mas não concretizou e, após quase dez minutos, viu o australiano confirmar o serviço. No oitavo game, Kokkinakis salvou mais alguns breaks para empatar, 4 a 4. No 6 a 5, Federer chegou a ter 0/30, mas novamente o australiano foi buscar. Jogo foi para o tie-break.

No tie-break, o australiano abriu 2 a 0, viu Federer virar para 3 a 2, mas se manteve atento. Conseguiu um mini-break, abriu 6/4 e, com erro da devolução do suíço, fechou a partida.

Globo Esporte