sábado, 17 de março de 2018

Martelo batido: decisão final do STF faz do Sport único campeão de 87; Fla cogita Fifa

(Foto: Reprodução)


O Supremo Tribunal Federal (STF) bateu o martelo: o Sport continua sendo o único campeão brasileiro de 1987. O tribunal, que já havia negado dois recursos do Flamengo ao longo do ano passado, teve sua decisão final transitada em julgado na última sexta-feira. Com isso, está encerrado o prazo para o clube carioca recorrer e tentar mudar o veredito. A informação foi publicada pelo "UOL Esporte" e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Em seu site oficial, o Sport também publicou a notícia e comemorou no Twitter usando a hashtag "#87ÉNosso" (veja abaixo). Na última terça-feira, o clube também recebeu uma homenagem pelos 30 anos da conquista do título nacional na Assembleia Legislativa de Pernambuco.

- Recebemos com muita honra e orgulho porque a luta foi intensa ao longo desses 30 anos e vencemos em campo e nos tribunais contra aqueles que tentaram subverter a ordem. Esse reconhecimento como o da Alepe mostra que o título do Sport enaltece e engrandece não só o Clube como o Estado de Pernambuco. Representa a luta e insurreição do nordestino, que luta sempre pelos seus direitos com a garra de um leão - disse o presidente Arnaldo Barros à página oficial do clube.

Procurado, o Flamengo emitiu uma posição cogitando acionar a Fifa:

Entenda o caso

O caso tem origem na ação do Sport, de 1988, contra a CBF e a União pelo reconhecimento da validade do regulamento inicial do Campeonato Brasileiro de 1987. O juízo da 10ª Vara Federal de Pernambuco aceitou o pedido e o trânsito em julgado ocorreu em 1999.

O Flamengo busca ser considerado oficialmente campeão brasileiro de 1987 - ao lado do Sport - há muito anos. O time pernambucano, por sua vez, quer continuar sendo reconhecido como único campeão daquele ano, como estabeleceu uma decisão da Justiça em 1994, diante da antiga ação do Sport que teve sentença final, transitada em julgado (que não pode ser modificada), em 2001.

O caso foi parar novamente nos tribunais porque a CBF publicou uma resolução em 2011 reconhecendo o Flamengo como também campeão. A entidade havia passado anos sem fazer o reconhecimento - tendo ignorado o pleito mesmo quando reconheceu títulos pretéritos de outros times como Palmeiras, Fluminense, Botafogo e Santos.

Após essa decisão, no entanto, a equipe pernambucana entrou com uma ação no Tribunal Regional Federal (PE) pedindo que a decisão da CBF fosse invalidada, o que aconteceu. Daí os recursos do Flamengo no STJ (Superior Tribunal de Justiça) e posteriormente no STF, todos negados.

Globo Esporte