sábado, 17 de março de 2018

Salah tem atuação histórica e comanda goleada do Liverpool. Firmino deixa o dele

(Foto: Getty Images)


Mohamed Salah teve provavelmente a atuação de sua vida num gramado de futebol neste sábado. O craque egípcio marcou quatro gols, sendo duas pinturas, e comandou a goleada do Liverpool sobre o Watford, por 5 a 0, em jogo que fechou a 31ª rodada do Campeonato Inglês. Detalhe: a assistência do gol restante também foi dele – para Roberto Firmino marcar de letra (com a panturrilha).

O Liverpool aproveitou o adiamento de seis jogos da rodada por conta da Copa da Inglaterra para subir na tabela. É agora o terceiro, com 63 pontos, dois a mais que o Tottenham, que entrou em campo pelo outro torneio - e venceu o Swansea. A diferença para o quinto lugar (Chelsea) é de sete pontos. O Watford é o 11º, com 36 (veja a classificação atualizada)

O gol mais bonito de Salah foi o primeiro, logo aos quatro minutos. Ele recebeu no lado direito da área, deu um corte humilhante em Britos, que caiu sentado, e finalizou com a perna direita (a "ruim"). Lance muito parecido com a pintura de Messi sobre Boateng na vitória do Barcelona diante do Bayern pela semifinal da Liga dos Campeões 2014/15.

Foi uma noite de encher os olhos. Além do golaço para abrir a contagem, Salah fez um em que driblou quatro marcadores (foto) antes do toque de leve para as redes - e outros dois mais fáceis, só empurrando a bola na pequena área. Ele se tornou o primeiro jogador do Liverpool a marcar quatro gols num jogo desde Suárez, em 2013, contra o Norwich. Por consequência, foi o seu jogo com mais gols na carreira. E agora lidera sozinho a tabela de artilheiros da Premier League, com 28 gols. Nota 10.

O toque de letra fez Firmino igualar a Robinho (2008/09) como brasileiro com mais gols numa edição da Premier League - agora são 14. E ainda faltam mais sete jogos para o Liverpool...

- A cada jogo que passa, tenho mais certeza de que esse grupo brigará por coisas grandes nessa temporada. Estamos jogando um futebol em alto nível, fazendo valer o nosso mando de campo e conseguindo nos manter no grupo de frente da Premier League - disse o atacante dos Reds.

Globo Esporte