domingo, 29 de abril de 2018

LeBron decide, Cavaliers derrubam Pacers e pegam Toronto nas semis do Leste

(Foto: Reuters)


LeBron James tinha a corda no pescoço. Era vencer o jogo 7 ou fim da linha para o Cleveland Cavaliers. E como na maioria das vezes na carreira, o camisa 23 correspondeu à altura. Liderando os Cavs diante do Indiana Pacers, o astro fez mais um jogo impressionante e com 45 pontos classificou a equipe para a segunda rodada dos playoffs da NBA com triunfo por 105 a 101. James não apenas foi quase perfeito. Também bateu duas marcas históricas da liga americana de basquete. Tornou-se o primeiro jogador a anotar 20 ou mais pontos em 200 jogos de mata-mata e com duas roubadas de bola tornou-se o maior "ladrão" da pós-temporada, ultrapassando Scottie Pippen.

A vitória fez com que o "King" mantivesse os 100% no round 1 dos playoffs da NBA. Sempre que esteve em quadra no mata-mata, LeBron nunca perdeu neste estágio do campeonato. Neste domingo, James teve Kevin Love e Tristan Thompson como coadjuvantes. O pivô fez uma primeira metade muito boa, e Love acordou nos dois quartos finais. Oladipo, por sua vez, demorou para embalar e o Indiana sentiu isso, conseguindo liderar pela primeira vez apenas no terceiro quarto.

Nas semifinais do Leste, o Cleveland terá pela frente o Toronto Raptors. A série começa nesta semana, na terça-feira, com os dois primeiros jogos acontecendo no Canadá, já que a franquia fez melhor campanha que o Cleveland Cavaliers na temporada regular. Depois, teremos mais dois jogos em Cleveland. E caso seja necessário, a série volta para o Canadá, retorna em seguida para os EUA e caso haja jogo 7, será encerrada em Toronto.

LeBron James não queria terminar a temporada neste domingo. Ele nunca havia perdido no primeiro round dos playoffs e seguiu assim. Com um primeiro quarto perfeito, teve 100% nos arremessos. Flagrado pelas câmeras, ele dizia para Tyronn Lue que não sairia: "Vou jogar o jogo inteiro". De fato, ele só saiu no finzinho do terceiro quarto, quando sentiu cãimbras. Decisivo, anotou 45 pontos, pegou nove rebotes e deu sete assistências e quatro roubadas de bola, mantendo seus 100% no primeiro round e colocando o Cleveland Cavaliers na próxima rodada contra o Toronto Raptors.

Os números

LeBron foi ajudado por Tristan Thompson. O pivô voltou a ser titular em grande estilo. Em quadra por 34 minutos, anotou 15 pontos e pegou dez rebotes. Kevin Love, que começou devagar, também embalou no segundo tempo e ajudou com 14 pontos e seis rebotes. George Hill voltou ao grupo com 11 pontos e seis rebotes, mesma pontuação de JR Smith.

Cavs só ficam atrás no 3º período

O Cleveland começou com uma defesa bem mais postada e com Tristan Thompson como titular. Nos primeiros quatro minutos de jogo, os Pacers ainda não haviam pontuado com cestas de quadra. Em bola de três, Kevin Love colocou 9 a 2 e forçou os visitantes a pararem o duelo. Partindo com tudo para o jogo, LeBron chegou aos 11 pontos faltando dois minutos para o fim do quarto, colocando 26 a 16. E também começou a sofrer com Stephenson, que fez falta flagrante deixando a mão na sua cabeça. Oladipo, por sua vez, seguia zerado. Sem descansar no período, "King" ainda meteu mais uma para dois, deixando os Cavs com boa margem ao fim do período: 31 a 19.

No começo do segundo quarto, LeBron tinha 17 pontos contra 18 dos seus companheiros. E 100% nos arremessos. Oladipo só foi aparecer no quarto minuto, com bola de três que trouxe a diferença para 35 a 27. Em uma corrida de 10 a 0 de três minutos, os Pacers trouxeram a diferença para 37 a 33 na metade do quarto e forçaram o Cleveland a parar a partida. A parada surtiu efeito, e James, sempre ele, em um monólogo, deu assistência para bola de três de Kevin Love e depois ainda anotou cesta e falta. No oitavo minuto do período, o astro tinha 24 pontos, quatro rebotes e cinco assistências. E folga no placar de 49 a 37. Aplicado na defesa, o Cleveland foi para o intervalo vencendo por 54 a 43, mas tinha um tal Collison tomando o lugar de Oladipo com 17 pontos.

A vantagem construída pelo Cleveland foi exterminada em três minutos. Rapidamente, o Indiana trouxe para 56 a 52 com uma parcial de 9/0, deixando a partida em aberto. Tristan Thompson e LeBron eram a única via dos Cavs, mas a bola dos Pacers passou a cair. Young e Bogdanovic, em arremessos de três, viraram o duelo para 59 a 58 e os visitantes lideravam pela primeira vez com sete por jogar no quarto. Depois que tomou a ponta, Indiana também sentiu o peso da pressão e o duelo passou a ser de troca de cestas, com Oladipo entrando na partida e chegando aos 19 pontos. LeBron, até então apagado no período, também esquentou e no minuto final os Cavs tinham 75 a 72. Mas James foi para os vestiários, sem motivo aparente. E a equipe fechou o período com 76 a 74.

O último período começou sem LeBron em quadra. O astro sentia cãimbras e deu a parada para se recuperar. Mesmo sem seu líder, o Cleveland começou bem e conseguiu manter a ponta com Kevin Love voltando a pontuar com três cestas seguidas: 86 a 78 faltando oito para terminar o duelo. A entrada de George Hill do quarto derradeiro, também ajudou a organizar melhor os Cavs. Ele não havia atuado nas três últimas partidas. Com mais seis minutos pela frente, o placar era de 93 a 81. O tempo passava, e Cleveland conseguia manter a frente. No minuto final, com 100 a 94, Oladipo diminuiu na bandeja e LeBron devolveu da mesma forma. Em seguida, pegou o rebote em falha rival e garantiu a vitória que veio segundos depois.

(4º) Cleveland Cavaliers 4 x 3 Indiana Pacers (5º)

Jogo 1 - 15/4 - Cavaliers 80 x 98 Pacers
Jogo 2 - 18/4 - Cavaliers 100 x 97 Pacers
Jogo 3 - 20/4 - Pacers 92 x 90 Cavaliers
Jogo 4 - 22/4 - Pacers 100 x 104 Cavaliers
Jogo 5 - 25/4 - Cavaliers 98 x 95 Pacers
Jogo 6 - 27/4 - Pacers 121 x 87 Cavaliers
Jogo 7 - 29/4 - Cavaliers 105 x 101 Pacers

Globo Esporte