terça-feira, 24 de abril de 2018

Nelsinho Baptista surpreende, pede demissão do Sport e detona diretoria

(Foto: Daniel Gomes)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


Nelsinho Baptista não é mais treinador do Sport. O comandante surpreendeu jornalistas e torcedores durante a coletiva desta terça-feira (24), onde informou sua saída e criticou a postura da diretoria do clube pernambucano durante toda a temporada.

A equipe empatou na noite dessa segunda-feira (23) com o Botafogo por 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro e o técnico chegou a elogiar a postura da equipe na Ilha do Retiro. Nos bastidores, o clima não era bom, e uma entrevista dada por Leonardo Lopes, diretor de futebol do Sport, foi o estopim para a saída do técnico.

“Estou fora do Sport. Não consigo trabalhar com pessoas que enganam todo mundo”, disse.

Além dos fracassos do Sport no Pernambucano e na Copa do Brasil, Nelsinho precisou liderar uma remontagem no elenco. O treinador confessou em uma entrevista para o Globo Esporte a surpresa que teve ao se deparar com a crise financeira vivida pelo clube. Segundo Baptista, ao negociar o contrato foi lhe passado que o Leão estava com os cofres em dia.

"Isso me deixou muito magoado. De eles estarem com problemas. Me criticaram porque eu falei para o GloboEsporte.com da crise financeira do Sport. Mas é uma verdade. Todo mundo sabe. Só eles que não sabem. A realidade é essa hoje. Eles têm que ter o pé no chão para fazer com que o Sport saia dessa situação. É uma grande instituição, o torcedor do Sport merece essa consideração. Vim aqui para dizer isso e para dizer mais algumas coisas que vêm acontecendo. Um filme que eu vi há nove anos (quando ele saiu do Sport, e o vice-presidente Guilherme Beltrão era diretor do Sport) e estou vendo hoje”, comentou.

A equipe também passou por perdas importantes no elenco como os volantes Patrick e Rithely, que foram para o Internacional, o meia Diego Souza (São Paulo) e o atacante André (Grêmio).

"Eu estou desabafando algo que vem comigo há dez anos. Não consigo ficar calado. A debandada de atletas que saiu daqui, que quiseram sair, foi muito grande. Além de perder atletas, tinha uma crise para trazer jogadores. O trabalho foi bom, o resultado que não. Eu me sinto frustrado. A debandada de atletas que saiu daqui, que quiseram sair, foi muito grande. Além de perder atletas, tinha uma crise para trazer jogadores".

O agora ex-treinador disse ter encerrado sua carreira no clube e fará uma pausa para se dedicar a família. "Meu ciclo no Sport acabou. Essa é minha última passagem. Talvez o torcedor fique magoado comigo, mas lá na frente eles vão entender”.