terça-feira, 1 de maio de 2018

Brasil vence mais uma e se classifica no Mundial de tênis de mesa

 (Foto: Divulgação/ITF)


O Brasil venceu no masculino e perdeu no feminino pelo Mundial por equipes de tênis de mesa. O time capitaneado por Hugo Calderano, 12º no ranking mundial, venceu a Coreia do Norte por 3 a 0, enquanto as mulheres perderam por 3 a 1 para a Tailândia e 3 a 0 para a Coreia do Sul. Com os resultados, os homens garantem a classificação antecipada, e as mulheres se despediram do torneio sem vitórias.

O resultado por 3 a 0 pode enganar quem olha apenas o placar. A vitória brasileira no masculino não foi nada fácil. Hugo Calderano abriu a série contra Pak Sin Hyok e só conseguiu ter tranquilidade no fim da partida, quando venceu com certa folga os dois últimos sets e fechou a partir em 3 a 1. Depois, Gustavo Tsuboi derrotou Il Choe em um jogo muito equilibrado, decidido apenas no último set com vitória por 3 a 2 do brasileiro. Eric Jouti fechou a série derrotando Kang Wi Hun por 3 a 1.

Após o jogo, Hugo Calderano analisou o seu desempenho da equipe brasileira, que chegou a três vitórias em quatro jogos na fase de grupos. Nesta quarta, o Brasil enfrenta a Rússia, que tem poucas chances de classificação, pela última rodada do grupo para assegurar o segundo lugar.

- Foi uma resultado muito importante. Todos continuaram jogando bem. Tive um início bem difícil, mas consegui pegar o ritmo do jogo e joguei bem melhor no final. Sabemos que os norte-coreanos são atletas fortes. Não participam sempre de torneios internacionais, mas tem um nível bom.

No feminino, mais duas derrotas. No primeiro confronto do dia, contra a Tailândia, Caroline Kumahara abriu a série com uma derrota para Suthasini Sawettabut por 3 a 0. Depois, Bruna Takahashi venceu Tamolwan Khetkhuan por 3 a 1, empatando o duelo. Mas na sequência vieram duas derrotas. Lin Gui perdeu por 3 a 2 para Orawan Paranang, e Bruna para Sawettabut por 3 a 0.

Mais tarde, contra a Coreia do Sul, o Brasil voltou a perder, dessa vez por 3 a 0. Com Jéssica Yamada no lugar de Caroline Kumahara, o trio brasileiro perdeu as três partidas por 3 a 1, fechando a fase de grupos com cinco derrotas em cinco jogos.

Campanha no masculino
Brasil 3 x 1 República Tcheca
Brasil 3 x 0 Portugal
Brasil 0 x 3 China
Brasil 3 x 0 Coreia do Norte

Campanha no feminino
Brasil 0x3 Alemanha
Brasil 0x3 Hong Kong
Brasil 1x3 Luxemburgo
Brasil 1x3 Tailândia
Brasil 0x3 Coreia do Sul

Globo Esporte