sexta-feira, 4 de maio de 2018

COI recorre contra decisões do CAS de revogar sanções a atletas russos do doping

 (Foto: Vicente Seda)


O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu ir à justiça suíça para recorrer contra as deliberações da Corte Arbitral do Esporte (CAS), que anularam as sanções a atletas russos punidos por violação das regras antidoping nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014. A interferência do COI foi definida nesta quinta-feira, após uma reunião do Conselho Executivo da entidade.

- Estamos insatisfeitos com ambas as decisões e com os seus fundamentos jurídicos e recorreremos ao Tribunal Federal Suíço - informou o porta-voz do COI, Mark Adams.

O presidente do órgão, Thomas Bach, disse mais tarde que as chances de vitória não tiveram influência em sua decisão de recorrer.

- O único fator que nos levou à decisão foi a proteção dos atletas "limpos" que terminaram atrás dos atletas russos, que não foram declarados inocentes - disse ele.

Em fevereiro, o CAS admitiu os recursos de 28 dos 42 atletas russos suspensos pelo COI. A justificativa da Corte, na época, foi a insuficiência de provas. O Tribunal Federal Suíço tem o poder de revogar os veredictos do CAS, se acreditar que o processo legal foi equivocado.

Globo Esporte