quinta-feira, 31 de maio de 2018

Corinthians bate América-MG, vence a primeira com Osmar Loss e sobe para terceiro

(Foto: Reprodução)


O Corinthians deixou para trás as duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, recuperou-se e venceu sua primeira partida sob comando de Osmar Loss. O 1 a 0 sobre o América-MG, nesta quinta-feira, com gol de Jadson, foi suficiente para afastar um pouco as dúvidas sobre o novo técnico. Em Itaquera, o Timão teve o controle do jogo e subiu na tabela do Brasileirão. O Coelho, por sua vez, continua mal nos jogos como visitante e precisa de reação rápida.

O resultado levou o Corinthians aos 14 pontos, agora na terceira posição da tabela, atrás apenas de Flamengo e São Paulo – o Timão tem a mesma pontuação de Fluminense, Internacional e Sport, mas leva vantagem nos critérios de desempate. O América continua com 10 pontos e precisa começar a olhar com mais atenção para a parte de baixo.

O Corinthians criou muito, trocou 542 passes no jogo todo, mas na hora da decisão, sobrou para Jadson. O experiente meia aproveitou desvio em chute de Gabriel e, com enorme tranquilidade, só tocou para as redes. Foi o nono gol dele na temporada.

Wesley (aquele, ex-Santos, Palmeiras, Sport...) entrou aos 20 minutos do segundo tempo para tentar melhorar a criação no meio-campo do América. Uma bola na mão, um pontapé em Júnior Dutra e 23 minutos depois, foi expulso. E num momento em que o Coelho era melhor no jogo e criava chances para empatar – a fase não está boa para Wesley. Ele ainda xingou o quarto árbitro.

O Corinthians rodou, rodou, rodou e não achou sequer uma chance mais clara de gol. O Timão teve controle da posse – 68% e 355 passes trocados nos primeiros 45 minutos – mas sentiu falta do seu quarteto de ataque, distante nas ações e com pouca criatividade. De volta à equipe, Rodriguinho ficou mais perto da área e, muito bem marcado, pouco pegou na bola.

O América fez seu jogo, compacto na defesa e saindo em velocidade, principalmente com o meia Serginho. O time treinado por Enderson Moreira mostrou qualidade, ainda que tenha ficado a maior parte do tempo sem a bola. O goleiro Jori, porém, só trabalhou em chutes de longe de Mateus Vital e Pedrinho. Para o Corinthians, muito pouco.

O alívio para o Corinthians veio logo cedo, com quatro minutos: após uma nova troca de passes, Mateus Vital ajeitou para Gabriel, que chutou, viu a bola desviar em Aderlan e sobrar limpa para Jadson finalizar. O gol trouxe alívio, mas também preocupou o torcedor poucos minutos depois. Afinal, o Timão recuou muito, deixou o América sair para o jogo e criar suas chances. Walter teve de trabalhar em dois chutes, de Ademir e Messias. No fim, Wesley foi expulso no melhor momento do Coelho no jogo.

Globo Esporte