sexta-feira, 11 de maio de 2018

Eleito melhor do Liverpool no ano, Salah se diz feliz no clube: "Apenas o início"

(Foto: Divulgação/Liverpool)


Mohamed Salah não se cansa de ganhar prêmios. Após ser eleito o melhor jogador do Campeonato Inglês, o egípcio recebeu três prêmios nesta quinta-feira. Foi eleito o melhor do Liverpool em votação pelos torcedores do clube e pelos companheiros da equipe. Depois, pegou um jatinho, foi a Londres e recebeu o troféu de jogador do ano pela Associação de Escritores de Futebol, em Londres. Depois do “hat-trick” em prêmios, o atacante fez questão de enaltecer seu bom momento no clube. E garantiu que pensa em ter um futuro maior pelos Reds.

– Estou muito feliz aqui. Tenho ambições para o futuro com o Liverpool. Como podem ver, tivemos uma grande temporada, e agora estamos na final da Liga dos Campeões, e todos estão empolgados. É apenas o início. Este é o meu primeiro ano e é o mesmo para outros jogadores. Eu não vi todos os jogos da última temporada, mas tivemos um incrível ano – declarou o egípcio.

Salah tem 43 gols em 50 jogos na temporada pelo Liverpool. É o artilheiro do Campeonato Inglês e candidato a estar entre os três melhores jogadores do mundo na premiação da Fifa e da Bola de Ouro, da revista “France Football”. O egípcio, de 25 anos, está confiante em ter um bom fim de temporada, com o título da Liga dos Campeões e a confirmação da vaga na competição continental da próxima temporada.

– Estamos muito confortáveis, vamos jogar a Liga dos Campeões na próxima temporada. No caminho para a final, vencemos times como Manchester City e Roma. É apenas o início. Queremos nos classificar para a Liga dos campeões na próxima temporada e queremos vencer a final. Vamos jogar para ganhar contra o Real Madrid – analisou o jogador.

O Liverpool é o quarto colocado no Campeonato Inglês, com 72 pontos, dois à frente do Chelsea, quinto colocado. Na última rodada da competição, os Reds recebem o Brighton. Os Blues visitam o Newcastle. A decisão da Liga dos Campeões será no próximo dia 26 de maio, em Kiev, contra o Real Madrid.

Globo Esporte