sábado, 30 de junho de 2018

Mascherano diz que sua história na seleção terminou: "Serei só mais um torcedor"

(Foto: Lars Baron - FIFA via Getty Images)


Com a Argentina fora da Copa da Rússia após perder para a França por 4 a 3 nas oitavas de final, neste sábado, um ciclo se fechou para Javier Mascherano. O volante anunciou sua aposentadoria da seleção logo após a partida.

- Terminou toda esta história. Demos tudo o que podíamos até o final. Batemos de frente contra um grande rival. Foi uma partida muito louca em que não começamos bem, nos recuperamos e viramos o placar, mas o empate deles nos abalou. A partir de agora, serei só mais um torcedor da seleção argentina. Acabou. O sonho acabou.

Após fazer uma excelente Copa do Mundo no Brasil, Mascherano não esteve tão bem no Mundial da Rússia. O jogador, que deixou o Barcelona para atuar na China, cometeu um pênalti contra a Nigéria e cometeu muitos erros ao longo do torneio. Esta foi a quarta Copa do argentino, que chegou até a final em 2014, mas perdeu para a Alemanha.

- Não temos nada para censurar. E quando isso acontece, não há o que fazer. Temos que aceitar que o rival é melhor e que tudo acabou. Tomara que no futuro esses garotos possam conseguir algo, que sigam insistindo. Tentando, eles vão conseguir.

A Argentina chegou a estar vencendo o jogo contra a França por 2 a 1, mas tomou a virada com gol de Mbappé.

- O futebol é assim. Tínhamos o jogo relativamente controlado, eles fizeram um gol e custamos a reagir. A França tem um time muito bom.

Jogador mais "amarelado"

Com o cartão amarelo recebido contra a França, Mascherano superou Cafu e se tornou o jogador que mais tomou cartões na história das Copas. São sete amarelos em quatro edições do Mundial.

Globo Esporte