sábado, 23 de junho de 2018

México vence mais uma, encaminha classificação e deixa a Coreia praticamente eliminada

(Foto: Reprodução)


A boa impressão deixada pelo México com a surpreendente vitória sobre a Alemanha se estendeu para a segunda rodada da Copa do Mundo. Com mais uma boa atuação, a equipe comandada por Juan Carlos Osorio não teve dificuldade para vencer a Coreia do Sul por 2 a 1, neste sábado, em Rostov, com gols de Vela (de pênalti) e Chicharito - Son diminuiu no fim. Um triunfo que praticamente classifica os mexicanos para as oitavas de final e deixa a Coreia bem perto da eliminação.

O triunfo faz com que os mexicanos praticamente garantam uma vaga nas oitavas de final. Com seis pontos, a seleção da América do Norte é líder do grupo F e pode terminar a rodada com um lugar carimbado na próxima fase - para isso, basta um tropeço da Alemanha diante da Suécia, às 15h. A Coreia do Sul, por sua vez, torce para uma vitória germânica para ainda ter chances matemáticas na rodada final.

Protagonista de um dos resultados mais impressivos da primeira rodada, o México voltou a mostrar consistência neste sábado. A equipe de Juan Carlos Osorio pressionou e dominou o jogo no primeiro tempo, até abrir o placar com Vela cobrando pênalti. Depois, atraiu a Coreia e jogou no contragolpe, vendo sua vitória ameaçada poucas vezes. Um orgulho para o "profe" colombiano, ex-comandante do São Paulo.

Apesar de Chicharito ter levado o prêmio de melhor jogador em campo e Vela ter comandado o time no primeiro tempo, o jovem Lozano já pode ser apontado como uma das grandes sensações da Copa do Mundo. O jogador de 22 anos, do PSV, deu trabalho à marcação, causou bagunça na defesa adversária e ainda deu a assistência para o gol do camisa 14.

Globo Esporte