segunda-feira, 25 de junho de 2018

Palmeiras acerta venda de Keno para time do Egito por R$ 37 milhões

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)


O Palmeiras acertou nesta segunda-feira a venda do atacante Keno. Depois de negociações nas últimas semanas, o clube teve as exigências atendidas e definiu a transferência do atleta para o Al Ahram Pyramids FC, do Egito, por US$ 10 milhões (cerca de R$ 37,8 milhões). O Verdão vai ficar com 100% do valor da transferência.

A mídia egípcia já repercute a contratação. O tuíte abaixo diz, em árabe, que o anúncio foi feito oficialmente pelo Al Ahram:

O Palmeiras não tinha interesse em se desfazer do atleta de 28 anos, tanto que a primeira investida foi rejeitada. Mas o aumento no valor da oferta e o pagamento à vista acabaram pesando para o desfecho positivo no negócio com os egípcios, em negociação conduzida com Turki Al-Sheikh, ministro dos Esportes da Arábia Saudita. É ele o proprietário do clube egípcio.

No Palmeiras, quem conduziu a negociação foi Alexandre Mattos, que viajou para a Rússia no fim de semana para selar o acordo e também definir a permanência de atletas que vinham sendo assediados por clubes do exterior. Além de Willian, Moisés e Antônio Carlos, o meia Lucas Lima também despertava interesse de equipes de fora do país.

Em Moscou, o dirigente se reuniu novamente com o empresário de Keno, Edson Neto, e com Turki Al-Sheikh, proprietário do clube egípcio, também conhecido como Pyramids FC - antes a equipe se chamava Al-Assiouty Sport.

Keno chegou ao Palmeiras em janeiro de 2017, após se destacar no Campeonato Brasileiro do ano anterior pelo Santa Cruz. Na primeira temporada, ele atuou em 54 jogos e marcou 11 gols. No início de 2018, o Verdão rejeitou a investida do Al Nassr e, além de renovar com o atacante até 2021, adquiriu a totalidade de seus direitos econômicos.

No total, o atacante fez 84 jogos com a camisa palmeirense, com 19 gols e nove assistências. Como ele era titular absoluto do técnico Roger Machado, sua saída abre espaço no time. No atual elenco, Roger conta com Willian, Deyverson, Artur e Papagaio como opções - Borja disputa a Copa do Mundo da Rússia com a Colômbia, e Fernando foi negociado com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Globo Esporte