Tudo passa por ela: saiba quem é Iva Olivari, a chefona da seleção croata

(Foto: Reprodução)


O presidente da Federação Croata de Futebol, o ex-craque Davor Suker, artilheiro da Copa de 1998, diz que sempre consulta e segue a opinião dela. Ela é Iva Olivari, um espécie de chefona da seleção croata, e tem se destacado nesta Copa do Mundo. Tudo passa por ela, passando pela organização, logísitica e decisões que não sejam diretamente do técnico. Os jogadores a adoram, e alguns a conhecem desde garoto, quando ainda eram das divisões de base. Desde a década de 90 ela tem função na seleção croata, mas assumiu a função de gerente em 2016.

Quando a Croácia se separou da Iugoslávia, precisou criar uma federação de futebol praticamente do zero. Para cuidar de relações internacionais com a Fifa, com a Uefa, de transferência de jogadores, ente outras coisas. Iva Olivari se destacou tanto nesta área que se tornou uma profissional indispensável para os croatas.

- Entrei no mundo do futebol meio por acaso. Mas hoje adoro compartilhar da emoção e da alegria do vestiário após uma vitória - disse Olivari, que é uma ex-tenista.

- Já sofri preconceito, sim. Mas um trabalho bem feito impõe respeito. Hoje, 60% dos funcionários da FEderação Croata são mulheres.

O exemplo de sucesso da Iva Olivari está contagiando o time da Croácia, que volta a disputar uma partida pelas quartas de final neste sábado, às 15h (de Brasília), contra a Rússia, no Estádio de Sochi.

Globo Esporte