segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Inter vence o apagado Galo no Independência e segue na cola dos líderes

(Foto: Reprodução)


Um estádio apagado. Um time apedrejado e igualmente sem brilho. Assim é possível definir o duelo entre Atlético e Internacional, na noite desta segunda-feira, no Independência, pelo Campeonato Brasileiro. O Colorado aproveitou todas as condições, adversas para os dois lados, para vencer o Galo, por 1 a 0, em Belo Horizonte, e seguir colocado aos líderes do Brasileirão.

Teve de tudo na noite desta segunda-feira, no Independência. O primeiro tempo foi bem disputado, taticamente interessante, e com as equipes se estudando. A etapa complementar, porém, teve de tudo. Primeiro uma chuva de granizo, que obrigou o duelo ficar parado por quase 10 minutos, depois uma queda na energia no estádio, com ainda mais tempo parados.

Na volta, quando a luz voltou, o Galo ficou apagado. Não conseguiu colocar seu jogo no gramado, não tinha mais tática e a técnica era ruim. O Inter passou por algum momento de instabilidade, mas conseguiu criar mais. O gol saiu no fim da etapa complementar e deixa o Internacional em boas condições.

O Colorado chegou aos 32 pontos, na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, bem próximo de São Paulo e Flamengo, líder e vice, respectivamente. O Atlético segue com 27 pontos, na quinta posição.

Na próxima rodada, o Atlético recebe o Santos, às 11h (de Brasília), no domingo, no Independência. O Internacional enfrenta o Fluminense, no Maracanã, na segunda-feira, às 20h.

Primeiro tempo

O Atlético entrou em campo com algumas alterações em relação ao time titular que vem jogando constantemente. As duas principais na defesa: Patric perdeu a vaga para Emerson e Gabriel foi para o banco de reservas.

O duelo começou com um equilíbrio muito grande. Esta igualdade, inclusive, era tanto tecnicamente e taticamente. A propósito, até no jogo proposto pelos treinadores, as equipes usam um volante como elemento surpresa no ataque, como Elias e Patrick.

Toda essa igualdade, porém, fazia o duelo ficar sempre travado, embora criativo, mas com poucas chances claras de gol. As melhores chances aconteceram em lances totalmente isolados. O Galo em um cruzamento do lateral-esquerdo Hulk, que assustou o goleiro Marcelo Lomba. Aos 31, Ricardo Oliveira na entrada da área chutou no cantinho,

Aos 34, Willian Pottker recebeu a bola na área e chutou a bola por cima do gol de Victor, levando muito susto para a torcida atleticana.

Segundo tempo

O duelo voltou com o Atlético buscando mais o ataque. O Galo chegava mais pelas pontas, com Emerson em duas oportunidades e outra com Hulk.

Jogo parado por chuva de granizo

O calor que fez durante todo o dia em Belo Horizonte repercutiu à noite, quando a chuva resolveu aparecer. Muito granizo em Belo Horizonte e o gramado do estádio Independência ganhou uma tonalidade branca

Sem luz!

Quando o duelo retornou, nove minutos após a paralização, o jogo precisou parar novamente. Isso porque a luz do Independência não suportou e desligou.

Volta o jogo

O jogo voltou 10 minutos depois. A partida perdeu em qualidade. Parte disso pela condição ruim do gramado, com várias poças d’água atrapalhando.

O Inter soube aproveitar. Aos 41 minutos – tempo sequencial – o clube visitante chegou com perigo, Pottker chutou e Maidana se jogou na bola para salvar o Galo.

Dois minutos depois, o próprio Maidana quase abre o placar. Em cruzamento na área, após um escanteio, a bola sobrou para o defensor que chutou forte e obrigou o goleiro Marcelo Lomba a fazer grande defesa.

Aos 49 minutos o Galo desperdiçou uma ótima oportunidade. Em contra-ataque muito rápido, Chará deixou Ricardo Oliveira em boas condições. Ele fez o passe para David Terans que chutou a bola para fora, mas a redonda tirou tinta da trave.

Aos 56, o Inter abriu o placar. Em lançamento para Edenilson, aproveitando uma completa desatenção da defesa atleticana, o jogador Colorado chutou e não teve dificuldades para superar Victor.

Ficha Técnica
Atlético-MG 0 X 1 Internacional

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte-MG.
Data: 06/08/2018, Segunda-feira.
Horário: 20 horas (de Brasília).
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA).
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA).

Público: 22035
Renda: R$334.995,00

Gol: Edenilson, aos 56 minutos do segundo tempo (Internacional)
Cartões: Iago (Inter); José Welison (Atlético)

Atlético–MG: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Maidana e Hulk; José Welison, Elias (Nathan), Matheus Galdezani (David Terans), Luan e Chará; Ricardo Oliveira
Técnico: Tiago Larghi

Inter: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick e Nico López; Pottker e Jonathan Alvez (Rossi)
Técnico: Odair Hellmann

Gazeta Esportiva