sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Presidente da Federação Palestina de Futebol é suspenso por incitar ódio contra Messi

(Foto: AP)


A FIFA anunciou hoje uma punição a Jibril Rajoub, presidente da Federação Palestina de Futebol (PFA). O cartola ficará suspenso por 12 meses e terá de pagar multa de 20 mil francos suíços (quase R$ 84 mil), condenado por incitação ao ódio. Antes do amistoso entre Argentina e Israel, que aconteceria em junho, o dirigente pediu para torcedores queimarem camisas e fotos de Messi.

O duelo entre Argentina e Israel acabou cancelado, devido aos protestos feitos na época. De qualquer forma, o mal estar continuou, pois israelenses e palestinos têm um confito histórico, que envolve disputas territoriais e incompatibilidade religiosa.

Com a suspensão, Rajoub não poderá exercer o cargo de presidente da Federação Palestina durante um ano. Ele também não estará em nenhum jogo oficial no período. A competição começa a valer a partir desta sexta-feira.

Globo Esporte