quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Jair Ventura é o novo técnico do Corinthians

(Foto: Reprodução)


Jair Ventura é o novo técnico do Corinthians. Ele foi anunciado ao meio-dia desta quinta-feira nas redes sociais do clube.


A diretoria do Corinthians ainda não deu detalhes sobre tempo de contrato e de quando Jair Ventura se apresenta para começar a trabalhar. A tendência é de que ele já comande o time no Dérbi contra o Palmeiras no domingo, na arena do rival, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na próxima quarta-feira, o Corinthians iniciará a disputa da semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo – o jogo de ida é no Maracanã.

Jair Ventura assumirá o time no lugar de Osmar Loss, afastado do cargo após a derrota para o Ceará na quarta-feira, mas que permanece como funcionário do clube – a tendência é de que Loss volte a ser auxiliar.

No Santos, a comissão técnica de Jair Ventura tinha o auxiliar Emílio Faro e o preparador físico Ednilson Sena. A reportagem apurou que apenas o primeiro deve acompanhar Jair no novo trabalho.

Em enquete realizada pelo GloboEsporte.com na homepage do Corinthians, Jair Ventura foi apenas o quarto mais votado dentre os técnicos disponíveis no mercado.

Jair Ventura tem 39 anos e iniciou a carreira no Botafogo em 2009, como auxiliar técnico de Ney Franco. Antes de ser efetivado, em agosto de 2016, trabalhou como preparador físico, técnico do sub-20 e treinador interino na equipe carioca.

No ano passado, mesmo com um elenco limitado, Jair conseguiu levar o Botafogo às quartas de final da Libertadores e à semifinal da Copa do Brasil, além de ter mantido uma regularidade durante grande parte do Campeonato Brasileiro.

No início desta temporada, foi contratado pelo Santos, mas ficou menos de sete meses no clube, saindo bastante criticado pela torcida. Chegou à semifinal do Paulistão e saiu antes das eliminações da Libertadores e da Copa do Brasil.

No Brasileirão, Jair deixou o Santos na 15ª colocação, próximo à zona de rebaixamento. Em 39 jogos no total, obteve 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas, com aproveitamento de 44,4%.

Globo Esporte