sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Ribeirão Preto assiste a mais um duelo entre atletas da África e do Brasil no Circuito Caixa

(Foto: Luiz Doro /adorofoto/HT Sports)


A etapa de Ribeirão Preto do Circuito de Corridas CAIXA terá mais um round da luta entre brasileiros e africanos pelo lugar mais alto do pódio. Até agora, após sete etapas, o placar está nove a cinco para os estrangeiros, considerando vitórias no masculino e feminino. Na prova da cidade do interior paulista, a briga promete se concentrar entre o queniano Geofry Toroitich Kipchumba e Gilberto Silvestre Lopes, do Brasil. No feminino, Esther Chesang Kakuri, do Quênia, corre pelo bicampeonato. A prova será noturna, neste sábado (15), com largada às 19h, no Bairro Olhos D´água (continuação da avenida Professor João Fiúsa, após o Anel Viário Sul da cidade).

Na Elite 10km masculina, a disputa entre brasileiros e africanos está equilibrada, com quatro vitórias dos estrangeiros contra três dos pratas da casa. Geofry Toroitich Kipchumba chega a Ribeirão embalado pela vitória na etapa de Porto Alegre do Circuito CAIXA, no mês passado, com 30min18. Ele também ganhou a Meia Maratona Kilimanjaro, disputada em março, no ponto mais alto da África, com 5.895 metros de altura. Seu maior rival deve ser o mineiro Gilberto Silvestre Lopes, vice-campeão na capital gaúcha com o tempo de 30min33.

Lopes é um dos principais nomes da corrida no país na atualidade. Entre os principais títulos conquistados, foi campeão brasileiro e sul-americano de cross country, venceu o Campeonato Brasileiro de Fundo em Pista nos 10.000m e o Campeonato Brasileiro Sub-23 nos 5.000m.

Em busca do bi

Entre as mulheres, as africanas levam vantagem na briga na Elite 10km, com cinco vitórias contra duas das brasileiras. Esther Chesang Kakuri, do Quênia, e Fadhila Salum Samwe, da Tanzânia, estão entre as favoritas. Esther retorna a Ribeirão Preto em busca do bicampeonato. Ano passado, ela cruzou a linha de chegada em primeiro lugar com a marca de 35min22. Entre as principais atletas nacionais na prova está Jessica Ladeira Soares, terceira colocada na etapa de Campo Grande no Circuito CAIXA.

Além da vitória de Esther, a edição do ano passado também teve africano no lugar mais alto do pódio na categoria Elite 10km. O etíope Belete Adere Tola cruzou a linha de chegada em primeiro lugar com o tempo de 30min53. O recorde da etapa de Ribeirão Preto, contudo, pertence a brasileiros. Giomar Pereira da Silva cravou 29min53 em 2006, enquanto Fabiana Cristiane da Silva, com 34min48 em 2005, é a mais veloz até hoje.

Campeão Olímpico

Antes de dar a largada para a corrida deste sábado (15), a partir das 19h, no Bairro Olhos D'água, Joaquim Cruz, medalha de ouro nos 800 metros dos Jogos de Los Angeles, em 1984, se encontrou com crianças e jovens de Ribeirão Preto nesta sexta-feira (14). As atividades do campeão olímpico no interior paulista começaram logo pela manhã. Ele esteve na Fundação Educandário, às 9h, onde falou para um grupo de 200 meninos e meninas de 10 a 12 anos. Depois, às 15h, seguiria para a EMEF Alcina dos Santos Heck para ministrar palestra para mais 200 crianças, desta vez com faixa etária entre 7 e 10 anos.

Na palestra, Joaquim contou um pouco sobre sua vida e carreira no atletismo. “Os meninos e meninas precisam sonhar. Depois acreditar que podem transformar esse sonho em realidade. Para isso é preciso muita dedicação e disciplina. Foi assim comigo. Eu me matava nos treinos para matar os adversários de cansaço nas competições”, afirma o único campeão olímpico em provas de pista na história do Brasil e integrante do programa Heróis do Atletismo CAIXA.

Além das palestras para as crianças, Joaquim Cruz também manterá contato com os corredores do Circuito CAIXA. Ele estará disponível para fotos e autógrafos neste sábado (15), a partir das 10h, na Loja Centauro do Ribeirão Preto Shopping (Av. Cel. Fernando Ferreira Leite, 1540 lj. 158). A visita do campeão olímpico coincide com a entrega dos kits de atleta, que começa nesta sexta-feira (14) das 10h às 22h, e sábado, das 10h às 12h, sempre na loja Centauro. Na ocasião também será possível fazer inscrição para a prova que promete levar milhares de pessoas para uma noite de esporte e saúde em Ribeirão.

Criado em 2004, o Circuito de Corridas CAIXA já recebeu mais de 280 mil pessoas em 131 provas pelo Brasil até 2017, seguindo de forma ininterrupta no apoio aos atletas brasileiros de Elite e incentivo ao esporte entre os amadores. O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal e copatrocínio da Centauro, com apoio do Governo Federal, Indaiá e Nutry. A etapa de Ribeirão Preto tem supervisão técnica da Federação Paulista de Atletismo.

Elite 10km da etapa de Ribeirão Preto

Masculino

Gilberto Silvestre Lopes (Marinha do Brasil / Cefan)
William Salgado Gomes (Luasa Sports Caixa)
Geofry Toroitich Kipchumba(Luasa Sports Caixa)
Cezidio Alves Rodrigues Neto (Acorremar / Bigpower)
Luciano Martins Rodrigues
Cicero Clebson Sabino da Silva (Clube CPA/Colégio Montessorri/Colegio Boa Ideia/Auto Escola Paulo Afonso)
Laurindo Nunes Neto (Associação de Atletismo de Caçador – AAC)
Gustavo Henrique Pereira Nascimento (Luasa Sports Caixa)
Lucas Mesquita (Luasa Sports Caixa)
Fabiano de Souza Campos (Luasa Sports Caixa)
Frederico Santos Abraão (Luasa Sports Caixa)
Samur Cesar Batista Inácio (Aaarp)
Pablo Fagundes da Costa (Super Time Pro BRB Mobile)
Ademir Pedro da Cruz (Cruz Atletismo)
Gilmar Silvestre Lopes (Cruzeiro EC)
Johannes Max Boamorte Araújo (Cae Performance/Café 3 Corações/ Unisal/Lorena)
Edmilson dos Reis Santana (Cruzeiro EC)

Feminino

Jessica Ladeira Soares (File e Marcia Narloch)
Patrícia Miranda Rodrigues Ribeiro Martins (Cornelius Atlética / Acora)
Tatiana de Souza Araujo
Thaynara Alves Pedroso (Puma)
Esther Chesang Kakuri (Luasa Sports Caixa)
Fadhila Salum Samwe (Luasa Sports Caixa)
Cintya Tais de Pinho (Cae Performance/Unisal/Lorena)