Arsenal goleia Fulham e cola no Chelsea por vaga na Liga dos Campeões

(Foto: AFP)


O Arsenal conquistou sua primeira vitória de 2019 nesta terça-feira. Recebendo o Fulham no Emirates Stadium, em Londres, pela 21ª rodada do Campeonato Inglês, a equipe comandada pelo técnico Unai Emery não deu chances para o azar e tratou de vencer o vice-lanterna da competição por 4 a 1. Os gols dos Gunners foram marcados por Xhaka, Lacazette, Ramsey e Aubameyang, artilheiro do torneio com 14 gols. Kamara descontou para os visitantes.

Com o resultado, o Arsenal diminui a distância para o Chelsea para dois pontos e se aproximou da zona de classificação para a Liga dos Campeões. Os Blues entram em ação nesta quarta-feira, quando recebe o Southampton, no Stamford Bridge, com a oportunidade de voltar a abrir cinco pontos de diferença para o rival londrino.

O jogo – O Arsenal não deu brechas para o Fulham e tratou de se impor desde o início do jogo. Aos 25 minutos, o time comandado por Unai Emery abriu o placar com Granit Xhaka. O meia suíço recebeu cruzamento de Iwobi, da esquerda, e sem marcação dentro da área teve tempo para dominar e tocar na saída do goleiro, estufando as redes.

Precisando desesperadamente de uma vitória, o Fulham respondeu rápido. Aos 32 minutos, quase empatou com Mitrovic, mas o atacante sérvio viu sua cabeçada ser defendida por Leno, que fez ótima intervenção para manter o Arsenal à frente.

Antes de as equipes irem para o intervalo, Aubameyang e Lacazette ainda tiveram duas oportunidades para deixar os Gunners em uma situação ainda mais confortável no Emirates Stadium, porém, quando não acertaram a meta, o goleiro Sergio Rico apareceu bem para dificultar a vida dos atacantes.

Já no segundo tempo o Arsenal tratou de marcar o segundo gol nos primeiros minutos e precisar apenas administrar a partida. Aos dez, após uma bela troca de passes entre Aubameyang e Kolasinac, Lacazette recebeu livre, dentro da área, e precisou apenas completar para o fundo das redes, sem qualquer dificuldade.

O Fulham, no entanto, não se deu por vencido. Depois de o técnico Claudio Ranieri promover as três substituições antes dos 15 minutos do segundo tempo, a equipe reagiu e aos 24 conseguiu descontar com Kamara, que recebeu cruzamento rasteiro na medida de Sessegnon e, praticamente debaixo do gol, apenas tocou de primeira para diminuir a vantagem do Arsenal em Londres.

Aos 33, contudo, o sonho do Fulham de empatar o jogo caiu por terra. Depois de Aubameyang carimbar a trave ao completar o cruzamento de Kolasinac, Ramsey ficou com o rebote e bateu no ângulo para matar o jogo e garantir os três preciosos pontos ao Arsenal. Não satisfeitos, antes do apito final os donos da casa ainda tiveram tempo para transformar a vitória em goleada com Aubmaeyang, que aos 38 minutos recebeu na direita, soltou uma pancada, contou com o desvio da defesa e encobriu o goleiro, encerrando os trabalhos assumindo a artilharia do Campeonato Inglês, com 14 gols.

Gazeta Esportiva