Dono do Tianjin Quanjian, time de Pato, é preso sob acusação de propaganda enganosa

(Foto: Reprodução / Twitter)


O dono do Tianjin Quanjian, time em que jogam os brasileiros Alexandre Pato e Geuvânio, foi preso na China. Shu Yuhui e outros 17 membros do Grupo Quanjian, especializado na venda de produtos farmacêuticos e hospitalares, são acusados de fazer propaganda enganosa.

De acordo com a agência de notícias "Reuters", as prisões aconteceram após a morte de uma criança de quatro anos, que lutava contra o câncer e fazia tratamento com produtos do Grupo Quanjian. O caso originou denúncias de que o conglomerado mentia na hora de vender a eficácia de seus tratamentos, lançando mão de um "marketing falso".

A "Reuters" ainda aponta suspeitas de que os executivos do Grupo Quanjian operavam em esquema de pirâmide, recrutando vendedores que pagavam para trabalhar.

Após a prisão, o destino do Tianjin Quanjian e de seus jogadores ainda é incerto. A equipe terminou na nona posição no último Campeonato Chinês e foi eliminada nas quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia.

Globo Esporte