Timãozinho fica no empate com o Ituano e avança em primeiro na chave

O Corinthians ficou no empate em 2 a 2 com o Ituano na última rodada da fase de grupos da Copa São Paulode Futebol Júnior, nesta terça-feira, no estádio Novelli Júnior, em Itu. Os gols do Timãozinho foram marcados por Roni e Fabrício Oya. Martinelli, destaque da partida, foi quem balançou as redes para o Ituano.

A partida também foi marcada pela grave lesão do meia-atacante Fessin, que fraturou a tíbia da perna direita aos 43 minutos do primeiro tempo ao se chocar com o goleiro JOão Victor e passará por procedimento cirúrgico nesta quarta-feira, em São Paulo, no hospital São Luiz, no Morumbi.

Com o resultado, o Corinthians terminou a primeira fase de grupos na liderança do Grupo 17 e enfrentará no próximo estágio da competição o Porto-PE. Já o Ituano terá pela frente o Red Bull Brasil, líder do Grupo 18.

O jogo – A partida começou agitada. Logo aos três minutos, o Corinthians mostrou a que veio e abriu o placar com Roni, que aproveitou o vacilo da defesa do Ituano para completar o cruzamento rasteiro de Janderson e correr para o abraço em Itu.

Os donos da casa, no entanto, não demoraram para reagir e aos 11 minutos conseguiram o empate. Martinelli recebeu longo lançamento, dominou já driblando o zagueiro do Corinthians e tocou na saída do goleiro para deixar tudo igual no Novelli Júnior.

O destaque do primeiro tempo, porém, não foram os gols, nem qualquer lance de efeito. Aos 43 minutos, pouco antes do intervalo, o meia-atacante Fessin, do Corinthians, se chocou com o goleiro João Victor e fraturou a perna, sendo forçado a deixar o campo de ambulância e ser conduzido a um hospital da região.

Depois de carimbar a trave com João Celeri nos acréscimos do primeiro tempo, o Timãozinho voltou para a etapa complementar ainda mais ligado. Sem deixar a lesão de Fessin abalar o grupo, o time tratou de retomar a frente no placar logo aos cinco minutos, quando Piton achou Fabrício Oya na área e colocou na cabeça do camisa 10, que apenas completou para o gol, o quarto dele na Copinha.

Mais uma vez a vantagem do Corinthians durou pouco na partida. Aos 15, o Ituano voltou a deixar tudo igual no marcador novamente com Martinelli, que ficou com a sobra depois de a defesa alvinegra tentar afastar de cabeça a cobrança lateral jogada na área e completou para o fundo das redes.

Nos minutos finais o jogo ficou lá e cá. O Ituano tinha em Martinelli a esperança da virada. Por outro lado, o Corinthians contava com uma qualidade coletiva superior, mas também não conseguia furar o bloqueio adversário. Assim, coube às duas equipes se contentarem com o empate em 2 a 2.

Gazeta Esportiva