Com polêmica na arbitragem, Brasil derrota Peru e levanta seu 9º título na Copa América

(Foto: Reprodução)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


O Brasil venceu o Peru por 3 a 1 neste domingo (7) e se consagrou campeão da Copa América. Everton, Gabriel Jesus e Richarlison marcaram para a seleção, enquanto Guerrero descontou em cobrança de pênalti. Jesus acabou expulso no segundo tempo, quando recebeu o segundo cartão amarelo, o que causou polêmica e tensão no jogo. O atacante saiu nervoso de campo e questionou a arbitragem, que estaria roubando a partida.

O Jogo

O jogo começou com o Peru em cima, assustando o Brasil em alguns momentos, em lances de cruzamento e infiltração. A seleção brasileira demorou para encaixar o jogo e trabalhava principalmente do lado direito. Aos 14 minutos, Gabriel cruzou e achou Everton sozinho, que finalizou para o fundo do gol. Placar em aberto.

Mesmo assim, o Peru não se abateu e fez pressão, mas foi o Brasil que chegou mais perto, logo aos 23 minutos com Coutinho, que pegou de primeira e bateu rente a trave de Gallese. Os peruanos responderam aos 26, quando Guerrero mandou a bola de cabeça depois da cobrança de escanteio e a redonda foi por cima.

Everton foi um dos nomes da partida (Foto: Reprodução)

Após os 30 minutos, o jogo ficou apertado e a bola não chegava para finalização. Quem conseguiu mandar a bola para na meta foi Firmino aos 36 minutos, mas a bola saiu por cima do gol.

Aos 40, o lance mais discutível do primeiro tempo. Cueva tenta cruzar para a área, mas a bola bate no braço de Thiago Silva. O árbitro marcou pênalti, checou o lance no VAR e confirmou a marcação. Guerrero bateu e empatou a partida. 

O Brasil não se intimidou com o empate e continuou em cima, que surtiu efeito já nos acréscimos. Aos 47, Firmino roubou a bola, fez passe para Arthur que avançou, enfiou para Gabriel, que bateu no canto direito de Gallese. Brasil mais uma vez a frente. Primeira parte encerrada.

Na segunda etapa, a partida continuou movimentada, mas com mais nervosismo. O Brasil manteve pressão com Gabriel e Coutinho e o Peru aproveitava os contragolpes. Coutinho teve duas oportunidades de fazer o terceiro em chute fora da área, mas ele foi desarmado em cima do lance.

Com o Peru mais em cima, o Brasil não conseguia sair para o ataque. No entanto, o jogo se encaminhava para uma arbitragem mediana quando Gabriel Jesus fez falta em Zambrano e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso. Os jogadores reclamaram e os comentaristas analisaram que o cartão foi precipitado.

Com isso, a pressão brasileira contra a arbitragem foi grande e a situação fez o Peru crescer. Alisson foi acionado em diversos lances e manteve o Brasil a frente no placar. A tensão e nervosismo ficou nítido nos minutos seguintes.

A pressão continuou até os 44 minutos, quando Everton foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Richarlison foi na bola, bateu no canto e liquidou a partida. Brasil levanta seu 9º título na Copa América.

(Foto: André Durão)

Comentários