Atual campeã, Stephens não resiste à força de letã e cai nas quartas do US Open

(Foto: AP Photo/Carolyn Kaster)


Assim como em 2017, Sloane Stephens (3ª do ranking) encontrou Anastasija Sevastova (18ª) nas quartas de final no caminho para mais uma decisão do US Open. Mas, dessa vez, a atual campeã não contava com a força da letã, que protagonizou uma grande atuação na revanche da última temporada e venceu por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3, em 1h24 de partida.

Sevastova, de 28 anos, avança à semifinal do US Open, a primeira vez que chega tão longe em um torneio de nível Grand Slam. A americana, por sua vez, perde 1.570 pontos referente ao título da última temporada e vai cair de 3ª para 8ª no ranking da WTA.

A tenista letã terá mais um duro desafio na semifinal, quando enfrenta a vencedora do confronto entre Serena Williams (26ª) e Karolina Pliskova (8ª), que acontece ainda nesta terça-feira. Se enfrentar a americana, será o primeiro encontro entre elas na carreira, enquanto diante da tcheca, já venceu duas das três partidas no circuito.

O jogo

Ao longo do jogo, Sevastova foi quem conseguiu encontrar melhor os golpes e mostrou uma enorme força em seus saques para chegar à vitória. No primeiro set, a letã salvou nada menos que sete break points e não permitiu que Stephens quebrasse seu saque uma vez sequer. Por outro lado, aproveitou duas oportunidades para vencer o game no serviço da adversária e levou a parcial em 6/2, com certa facilidade.

O segundo set teve Stephens mais vibrante e buscando uma reação. Sevastova novamente começou melhor, abrindo 2/0. A americana quebrou de volta, comemorando bastante, buscando tirar forças para incomodar a adversária. No entanto, a letã novamente conseguiu um break na sequência e manteve a vantagem. Em situação parecida, no sétimo game, Stephens conseguiu uma quebra, mas logo viu Sevastova em vantagem novamente, com 5/3. Sacando para o jogo, a letã não desperdiçou e fechou o confronto, selando a vaga para a semifinal.

Globo Esporte