Após pouco mais de três temporadas com os Bulls, técnico Fred Hoiberg é demitido

(Foto: Tim Bradbury/Getty Images)


Fred Hoiberg não é mais o técnico do Chicago Bulls. Depois de mais de três temporadas, a tradicional franquia do Illinois decidiu romper com o treinador, que à frente do comando técnico do time nessa temporada, conseguiu vencer apenas cinco de 24 jogos disputados. Quem assume permanentemente a vaga de comandante do Chicago é Jim Boylen, campeão pelo Cleveland Cavaliers em 2016 como assistente técnico. Boylen era assistente na equipe e foi promovido. Seu contrato vai até o fim da atual tempoarada.

Hoiberg chegou ao Chicago em junho de 2015, sob contrato de 5 anos no valor de US$ 25 milhões. O treinador substituiu Tom Thibodeau, e levou também a promessa de um ritmo mais acelerado e um ataque moderno, características que faltavam à franquia sob a batuta de Thibodeau. Tendo em vista o processo de reconstrução do Chicago, Hoiberg parecia navegar em águas calmas, mas a direção não engoliu a sequência de resultados ruins nessa temporada, apesar da ausência da revelação finlandesa Lauri Markkanen.

- Decisões como esta nunca são fáceis de fazer, no entanto, senti que esta era a escolha certa para a nossa organização neste momento. Após uma avaliação completa, eu decidi fazer este movimento com o desenvolvimento global da nossa equipe em mente. Como uma equipe acredito que é imperativo que tenhamos passos firmes na direção certa e construamos os hábitos certos para ajudar a colocar nossos jogadores na melhor posição para evoluir não apenas agora, mas no futuro. Eu quero agradecer a Fred por sua dedicação e esforços, bem como por seu compromisso duradouro com a nossa equipe - disse em um comunicado John Paxson, Vice-presidente de Operações da franquia.

Em sua passagem pelo Chicago, o treinador teve um retrospecto de 115 vitórias e 155 derrotas (42% de aproveitamento). Em 2017, Hoiberg levou os Bulls à primeira rodada dos playoffs, onde foi eliminado pelo Boston Celtics em seis jogos. Seu substituto, Jim Boylen, tem uma experiência de 33 anos como técnico, com 20 temporadas na NBA como assistente em equipes como Golden State Warriors, Milwaukee Bucks, Indiana Pacers e San Antonio Spurs.

Globo Esporte