PSG prepara defesa de Neymar com testemunhas e vídeos inéditos para evitar suspensão

(Foto: EFE)


O Paris Saint-Germain está 100% ao lado de Neymar. Desde que o jogador reagiu com um soco à provocação de um torcedor depois da final da Copa da França no sábado passado, o clube acompanha o caso, surpreso com a repercussão no Brasil, não cogita qualquer punição ao craque e se movimenta para montar a defesa na Comissão Disciplinar da Federação Francesa de Futebol, com vídeos inéditos e testemunhas. Isso se o atacante for mesmo julgado, pois a denúncia da agressão para uma possível punição de três a oito jogos não está confirmada ainda.

O diretor de comunicação Jean-Martial Ribes disse que o PSG não entendeu a proporção que o assunto ganhou no Brasil. Segundo ele, Neymar sempre foi um atleta exemplar e participou de todas as iniciativas sociais promovidas pelo clube. Ele admite que a reação não foi a ideal, mas que o torcedor estava ali justamente para provocar os jogadores e criar algum tipo de polêmica na internet. Até por isso, filmou tudo.

- O tipo de demonstração dessa pessoa não deveria ter sido permitido nessa área restrita. É um espaço dedicado a premiações, para celebrar os atletas das duas equipes finalistas pela Copa da França, não por ações verbais tão fortes contra nossos jogadores. Houve uma clara falta de segurança da organização. Essa pessoa passou dos limites. Vamos conversar com a FFF (Federação de Futebol Francesa) para bani-lo de todos os estádios na França - disse Jean-Martial Ribes.


O PSG tem outros vídeos do caso que ainda não foram divulgados. Além disso, recolheu depoimentos de pessoas que viram de perto a confusão e que estão à disposição para testemunhar a favor do clube. Um dossiê está sendo preparado para defender o jogador.

Nesta quinta-feira, a Comissão Disciplinar da Federação Francesa de Futebol se reunirá para discutir a expulsão do atacante Mbappé no fim do jogo contra o Rennes e a sua possível suspensão. O assunto Neymar pode vir à tona.

Ainda não está claro se ele será ou não punido pela Federação depois da agressão ao torcedor. Segundo o jornal Le Parisien, se isso acontecer, ele poderá pegar até 8 jogos de suspensão. Mas, segundo especialistas ouvidos pela publicação, o mais provável é que seja suspenso por até 5 partidas.

Campeão com sete rodadas de antecedência, o PSG perdeu para o Montpellier por 3 a 2, fora de casa, pelo Campeonato Francês. O time ainda vai disputar quatro partidas antes do fim da temporada, no dia 25 de maio.

Globo Esporte

Comentários