sábado, 18 de fevereiro de 2017

Ataque perde chances, mas Kazim resolve, e Corinthians vence Audax antes de clássico

(Foto: Gazeta Press)


Antes do clássico contra o Palmeiras, o Corinthians teve chances de conseguir um placar mais tranquilo contra o Osasco Audax, mas saiu do José Liberatti com mais uma vitória "econômica", por 1 a 0.


Com uma boa postura defensiva, a equipe de Fabio Carille também teve um bom desempenho no ataque, que pela primeira vez foi escalado com Romero, Léo Jabá e Kazim. Muitas chances foram criadas, mas só "gringo" conseguiu balançar a rede.

Se não encantou com uma goleada, o placar foi suficiente para o Corinthians chegar aos 9 pontos, assumindo a liderança do grupo A, ultrapassando o Ituano, que perdeu para o Novorizontino por 1 a 0. Já o Audax, com quatro pontos, é o lanterna do grupo D.

Fez e não deu espaço
O Corinthians fez um bom primeiro tempo em Osasco. Bem armado taticamente, a equipe de Carille não foi ameaçada, marcou um gol e ainda poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem até maior.

Logo no primeiro minuto, Arana cruzou rasteiro para Romero tentar abrir o placar com um leve desvio, mas o toque foi desviado pela defesa e saiu pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio Pablo tentou de cabeça, mas a bola foi para fora.

Bem defensivamente, o Corinthians tinha problemas no campo de ataque, com muitos erros de passe e pouca criatividade. A solução veio aos 29, quando o time pressionou a saída de bola do Audax, Camacho roubou de Felipe Rodrigues e tocou para Kazim, que bateu rasteiro. A bola tocou na trave e entrou para o primeiro gol do "gringo" em jogos oficiais pelo Corinthians.

Antes de ir para os vestiários, o Corinthians teve chance de ampliar com mais um dos novos titulares. Léo Jabá recebeu de Romero e partiu em velocidade. Depois de invadir a área, no entanto, finalizou errado e mandou para fora do gol. 

Criou, mas correu riscos
Na segunda etapa, a partida começou agitada com três chances antes dos 10 minutos. O Corinthians teve duas chances, uma com Jabá, que parou no goleiro, e outra com Romero, que mandou por cima. Já o Audax quase empatou com Léo Arthur finalizando com força, mas Cássio fez grande defesa.

Machucado, Kazim deu lugar à Maycon e, depois de perder mais uma chance na cara do goleiro, Léo Jabá saiu para a entrada de Marlone. Na última substituição, Carille colocou Fellipe Bastos no lugar de Camacho, e o Audax passou a pressionar.

Aos 22, Danielzinho arriscou chute forte da intermediária e Cássio espalmou. No minuto seguinte, Rafinha fez fila, mas errou o chute. Pouco depois, mais uma finalização de longe com Léo Arthur, que desta vez o goleiro agarrou.

O ataque do time alvinegro voltou a encontrar dificuldades, mas os donos da casa também não tiveram sucesso em suas investidas e o jogo terminou com o placar do primeiro tempo.

Tem clássico
A quinta rodada do Paulistão acontece já no meio da semana e as duas equipes voltam a jogar na quarta-feira. Às 19h30 (de Brasília), o Osasco Audax vai até Ribeirão Preto para encarar o Botafogo-SP. Mais tarde, às 21h45, o Corinthians joga em seu estádio no clássico contra o Palmeiras.

Ficha técnica
AUDAX 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio José Liberatti, em Osasco (SP)
Data: 18 de fevereiro de 2017, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Marco Antônio de Andrade Motta Júnior (SP)
Público: 6.630 presentes
Renda: R$ 191.460,00
Cartões amarelos: André Castro e Rafael Oliveira (Audax); Guilherme Arana (Corinthians)

Gol: Kazim, aos 32 minutos do primeiro tempo

AUDAX: Felipe Alves; Felipe Rodrigues (Marmentini), André Castro e Betinho; Marquinho (Rafael Oliveira), Pedro Carmona, Danielzinho e Léo Artur; Gabriel Leite, Hugo (Rafinha) e Ytalo. Técnico: Fernando Diniz

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho (Fellipe Bastos), Romero, Rodriguinho e Léo Jabá (Marlone); Kazim (Maycon). Técnico: Fábio Carille

ESPN