domingo, 26 de fevereiro de 2017

Batatais supera expulsão, marca aos 46 do 2º tempo e bate Rio Preto

(Foto: Reprodução)


O reencontro do Batatais com sua torcida no estádio Oswaldo Scatena teve momentos de tensão, suspense e alegria no fim para combinar com o sábado de Carnaval. Pela primeira vez em sua casa nesta Série A2 do Paulista – o clube estava cumprindo suspensão por uma confusão na A2 de 2016 –, o Fantasma venceu o Rio Preto por 1 a 0, com um gol do atacante Flávio, aos 46 minutos do segundo tempo, após passar boa parte do jogo com um homem a menos, já que o zagueiro e capitão Medina foi expulso por agressão.


Na tabela, o Batatais não conseguiu voltar ao G-4 da A2, mas manteve sua invencibilidade e encostou na zona de classificação. O time do técnico Alexandre Ferreira soma 13 pontos, assim como o Bragantino, quarto colocado, porém, perde no número de vitórias – quatro contra três. O Rio Preto segue em situação desconfortável, com sete pontos, em 16º, dentro da zona de rebaixamento.

Os times voltam a entrar em campo na Quarta-Feira de Cinzas. O Jacaré recebe o líder São Caetano, no Anísio Haddad, às 19h30, enquanto o Fantasma jogará novamente no Scatenão, mas desta vez contra o lanterna União Barbarense, às 20h.

Homem a menos?

O meia-atacante Elton comandou as melhores chances do Fantasma na etapa inicial, mas o que mais chamou a atenção na primeira metade do jogo foi o cartão vermelho do zagueiro Medina, aos 35 minutos. O atleta foi “dedurado” pelo assistente após agressão ao atacante Sávio, do Rio Preto, e foi expulso pelo árbitro Clayton de Oliveira Dutra.

O homem a menos em campo não teve grande impacto ao Batatais, que conseguiu criar oportunidades – só o atacante Jackson teve duas boas chances para marcar no segundo tempo. Pelo Jacaré, Fagner chegou a assustar o goleiro Tiago. Fora de campo, por reclamação, o técnico Luciano Dias, do Rio Preto, foi expulso pela arbitragem.

Quando o jogo parecia se definir pelo empate sem gols, Paulinho roubou a bola no meio de campo aos 46 minutos, tocou para Elton que achou Flávio sozinho pelo meio. O atacante, que havia entrado em campo há poucos minutos e fazia sua estreia pelo Fantasma, recebeu e bateu forte, sem chances para o goleiro André. Era o fim do jogo e o início da folia do sábado de carnaval para o Batatais.

Globo Esporte