Firmino encerra jejum e faz dois em vitória do Liverpool, que volta a colar no líder City

(Foto: Reuters)


Recuperado de lesão, Roberto Firmino voltou a ser titular do Liverpool fazendo o que mais gosta: balançando as redes. O brasileiro marcou dois gols, encerrando um jejum de seis jogos, e brilhou no triunfo dos Reds sobre o Burnley, por 4 a 2, neste domingo, no Anfield Road. Mané também marcou duas vezes para os anfitriões, e Westwood (com um gol olímpico) e Gudmundsson fizeram para os visitantes.

A vitória deste domingo faz com que o Liverpool volte a ficar na cola do líder Manchester City, que havia aberto quatro pontos de diferença com o triunfo sobre o Watford no último sábado. Agora, os Reds têm 73 pontos, apenas um a menos que os citizens. O Burnley segue em 17º, com 30 pontos, na briga contra o rebaixamento.

Novamente titular depois de duas semanas, parado por conta de lesão, Roberto Firmino voltou a balançar as redes dando fim a um incômodo jejum que durava seis partidas e mais de 400 minutos. O brasileiro não marcava desde o dia 19 de janeiro, diante do Crystal Palace, e conseguiu fazer logo dois gols, chegando 13 na temporada - sendo 11 na Premier League, competição na qual ultrapassou a barreira dos 10 gols pela quarta temporada consecutiva.

- Estou muito feliz por estar recuperado da lesão e por poder voltar a marcar. Foram dois gols de oportunismo. Continuamos muito vivos na busca pelo nosso objetivo - disse o atacante.

O Liverpool precisou buscar uma virada em casa, depois do Burnley conseguir abrir o placar com um gol olímpico de Westwood. O lance raro foi bonito, com a cobrança indo direto no ângulo - mas o goleiro Alisson não conseguiu subir para fazer o corte por ter sido empurrado por Tarkowski. O árbitro não viu e confirmou o gol, deixando os Reds irritados.

Com a missão cumprida na Premier League, o Liverpool agora vira a chave para o modo Liga dos Campeões. A equipe inglesa entrará em campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Bayern de Munique, em jogo de volta das oitavas de final da competição, na Alemanha. Na ida, os times empataram em 0 a 0.

Globo Esporte

Comentários