domingo, 4 de junho de 2017

Algoz do Fla na Libertadores brilha, San Lorenzo vence, e River segue em segundo

 (Foto: Twitter / SanLorenzo)


Autor do gol que eliminou o Flamengo da Libertadores e classificou o San Lorenzo para as oitavas de final da competição continental, Belluschi voltou a se destacar neste domingo. Foi ele quem fez o cruzamento para Blandi abrir o placar no Nuevo Gasómetro, Driussi empatou para o River Plate seis minutos depois, mas o algoz rubro-negro apareceu outra vez - com a ajuda do goleiro Batalla e de Paulo Díaz. Belluschi deu duas canetas seguidas antes de sofrer a falta e cruzou para a área na cobrança, o camisa 1 dos Millonarios errou, e Díaz ganhou o gol que garantiu o 2 a 1 para o Ciclón, que atrapalha o River na briga pela liderança do Campeonato Argentino.

Com o fim da invencibilidade de 13 partidas, o River Plate, que poderia assumir a liderança do Campeonato Argentino neste domingo, agora pode ver o Boca Juniors voltar a abrir distância a três rodadas do fim da competição. Com 53 pontos, um a mais do que os Millonarios, os xeneizes encaram o Independiente neste domingo, às 19h (de Brasília), na Bombonera. O San Lorenzo também voltou à briga pelo título, com 49 pontos na terceira posição.

O San Lorenzo abriu o placar logo aos 13 minutos, quando o lateral foi cobrado para Belluschi, que dominou e girou fazendo o cruzamento para Blandi desviar na primeira trave e fazer 1 a 0. Mas o empate saiu seis minutos depois, quando Angeleri cortou chute de Martínez com a mão, e Driussi converteu a cobrança de pênalti.

O gol da vitória saiu aos 10 do segundo tempo. Primeiro, Belluschi fez grande jogada, deu duas canetas e sofreu a falta. Ele mesmo foi para a cobrança e fez cruzamento fechado, o goleiro Batalla se enrolou e socou mal a bola, mandando em cima de Paulo Díaz, que teve apenas o trabalho de sair para comemorar.

Globo Esporte