sexta-feira, 9 de junho de 2017

Polícia Federal faz apreensão na casa de vice da CBF em operação contra Caixa 2

(Foto: Reprodução)

Por Redação Blog do Esporte


Uma operação da Polícia Federal fez apreensão na casa do vice-presidente da CBF Gustavo Feijó e prendeu seu filho, Felipe Feijó, que é presidente da Federação Alagoana de Futebol, por porte ilegal de arma na manhã desta sexta-feira (9). A operação investiga suposto uso de Caixa 2 na campanha de Gustavo à prefeitura de Boca da Mata.

De acordo com informações da assessoria da PF, a investigação tem origem na CPI do Futebol, comandada pelo senador Romário Farias. Foram encontrados e-mails de conversas entre Feijó e Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, e na época vice da Confederação, combinando contribuições para a campanha de Feijó em 2012.

Durante a manha desta sexta-feira, a PF realizou busca e apreensão em imóveis de Gustavo Feijó e também na federação alagoana, na finalidade de recolher mídias eletrônicas e documentos. Durante a varredura, foi encontrada uma arma de Felipe Feijó, que não tinha porte sobre a mesma. Ele foi detido e encaminhado para a delegacia, onde prestará depoimento.