terça-feira, 20 de junho de 2017

Renato admite ser difícil manter Luan: "Vai ser uma pena muito grande"

(Foto: Daniel Coelho/Agência PressDigital)


Em um grande duelo no Mineirão, nesta segunda-feira, o Grêmio até chegou perto de vencer o Cruzeiro, mas acabou vendo o jogo terminar empatado em 3 a 3, com uma boa atuação das duas equipes pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vice-líder da competição, com 19 pontos, o treinador do Tricolor, Renato Portaluppi, não esconde a preocupação em perder jogadores na janela do meio do ano, especialmente o atacante Luan. Em entrevista ao “Bem, Amigos!”, o técnico disse ser provável que o jogador, por sua qualidade, acabe sendo negociado com um clube europeu.

- A gente tem que pensar no momento, no agora. No meu entender, o Luan é o melhor jogador do futebol brasileiro. A gente sabe que dificilmente o Grêmio vai segurá-lo. Até porque as propostas vão aparecer e pelo que ele está jogando. Temos que pensar no momento, no que ele vem fazendo, nos ajudando. Ele vem jogando um grande futebol, ajudando a equipe. A gente torce para que ele não vá. Mas fica difícil com a janela e com ele jogando como vem jogando. Vai ser uma pena muito grande. Mas o grupo do Grêmio é forte, mas claro que vamos sentir se isso acontecer. Mas bola para a frente. Da minha parte e do clube jamais iríamos interferir de forma a atrasar o jogador. No momento em que o jogador tem uma proposta de fora que agrada todo mundo, fica difícil manter um jogador do nível do Luan. Como qualquer jogador de outra grande equipe. Infelizmente hoje em dia os clubes brasileiros não podem competir com a Europa – disse.  

O Grêmio ainda acerta os detalhes da renovação de contrato de Luan. Aumento salarial e bônus já estão acertados, restando apenas uma discussão em torno do valor da multa rescisória. O vínculo do jogador termina em setembro de 2018, o que significa que, em março do ano que vem, ele pode assinar com qualquer clube sem custos, caso não haja uma renovação.

Luan, por sua vez, destacou que se sente tranquilo quanto ao risco de deixar o Grêmio. O atacante destacou que não recebeu ainda nenhuma proposta oficial.  

- Minha cabeça tem que viver o momento agora, então estou tranquilo quanto a isso. Não chegou nenhuma proposta. Procuro não interferir nessa parte, enquanto não chegar nada de oficial. Quero ter minha cabeça tranquila para continuar jogando bem e continuar ajudando o Grêmio que é o mais importante no momento.  

Renato Portaluppi destacou que o duelo contra o Cruzeiro foi, segundo ele, o melhor jogo do Brasileirão até agora. O treinador tricolor ressaltou que a equipe busca sempre a vitória fora de casa. De fato, foram cinco jogos longe de Porto Alegre, com vencido três vezes, empatado uma e perdido apenas do Sport.

- Acredito que hoje, mais do que nunca, foi a melhor partida do campeonato. Não só pelos gols, mas pelas jogadas, pelo o que as duas equipes apresentarem, duas equipes ofensivas buscando o gol o tempo todo. O Grêmio, jogando em Porto Alegre ou fora, é sempre a mesma equipe, que busca as vitórias, os gols. Esse é o nosso maior mérito. Independentemente de onde a gente joga, a gente joga para vencer, buscar sempre os três pontos. Porque é importante conquistar os três pontos fora de casa.

Globo Esporte