sexta-feira, 23 de junho de 2017

River Plate pode ser excluído da Libertadores após casos de doping

(Foto: Reprodução)

Por Redação Blog do Esporte


Pelo menos quatro jogadores do River Plate, da Argentina, foram flagrados em exames antidoping durante jogos da Taça Libertadores. De acordo com a imprensa local, Martínez Quarta, Sebastián Driussi, Nacho Fernandez e Camilo Mayada tiveram os exames reprovados e novos casos devem ser confirmados neste listagem, como Jonathan Maidana, Leonardo Ponzio e Lucas Alario.

Todos os nomes envolvidos foram pegos em jogos da fase de grupos da Taça Libertadores. Segundo a Agência Mundial Antidoping e do Regulamento Displinario da Conmebol, o clube argentino poderá perder pontos e até ser excluído da competição por ter mais de dois jogadores flagrados em doping em um mesmo campeonato.

As informações da imprensa argentina é que os atletas do River tenham usado um diurético proibido no regulamento da Conmebol. O clube emitiu um comunicado nessa quinta-feira (22) negando o uso deste tipo de medicamento e exigindo uma contraprova.

O River Plate terminou a primeira fase como líder do grupo C, com 13 pontos. Nas oitavas de final enfrentará o Guaraní, do Paraguai. Caso avance as quartas, poderá enfrentar o Atlético-MG, que disputará a vaga contra o Jorge Wilstermann.