terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Robinho é aprovado nos exames médicos e assina com equipe turca nesta terça

 (Foto: Reprodução/Twitter)


O Sivasspor, da Turquia, publicou na manhã dessa sexta-feira um comunicado anunciando que o atacante Robinho foi aprovado nos exames médicos e que ele vai assinar contrato ainda nesta terça-feira. Na segunda-feira (22), o clube havia divulgado que tinha um "princípio de acordo" com o jogador de 33 anos.

A equipe marcou a assinatura de contrato do brasileiro para às 11h30 (horário de Brasília). O palco da cerimônia será o Estádio 4 de Setembro, casa do clube que disputa a primeira divisão local.

Às 7h desta terça-feira, Robinho participou de cerimônia no aeroporto de Ataturk, onde foi recebido por vários torcedores da equipe. O jogador chegou a receber flores em comemoração por sua chegada.

O tempo do vínculo de Robinho ainda não foi divulgado pela equipe turca. Fato é que a mudança não vai ter qualquer custo para o Sivasspor. O brasileiro tinha contrato com o Atlético Mineiro até o primeiro dia de 2018. Apesar das tentativas de renovação, o Galo não fez muito esforço e deixou o atacante sair em transferência livre.

Logo após o anúncio da transferência, Robinho revelou que recebeu boas recomendações de dois companheiros de equipe na época do Real Madrid: Roberto Carlos e Cicinho. Ambos já estiveram na equipe. O lateral-esquerdo como treinador, na temporada 2013/14 e o lateral-direito em campo, entre 2013 e 2016.

- São meus amigos. Roberto Carlos me disse que é um clube grande, que a torcida é muito boa. Estou muito feliz aqui - afirmou ao canal turco Futbol Arena.

Fundado em 1967, o Sivasspor disputa a primeira divisão da Turquia desde 2006. Na atual temporada, a equipe tem oito vitórias em 18 jogos e ocupa a oitava colocação, com 27 pontos - seis abaixo da zona de classificação para a Liga Europa e nove para a Liga dos Campeões.

O Sivasspor será o sétimo clube de Robinho na carreira. O atacante formado no Santos tem no currículo passagens por Real Madrid, Manchester City, Milan, Guanghzou Evergrande e Atlético-MG.

Globo Esporte