sábado, 17 de fevereiro de 2018

Brasileiros não dão sorte e pegam cabeças de chave no Rio Open

(Foto: Reprodução)


O sorteio da chave principal do Rio Open, realizado neste sábado, não favoreceu os jogadores brasileiros envolvidos na competição. Rogério Dutra Silva, Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro vão enfrentar logo na primeira rodada Albert Ramos Viñolas, Fabio Fognini e Pablo Cuevas, respectivamente.

- Não gostaria de enfrentar um cabeça de chave na primeira rodada (risos). Mas, saiu, vamos lá. Não tem muito o que lamentar não. O torneio é muito forte. Difícil falar porque o nível é muito duro, está tudo muito acirrado, então vai ser interessante para o público, vão ter várias batalhas por aí - disse Rogerinho, presente no sorteio das chaves.

O francês Gael Monfils, uma das estrelas do torneio, também não teve muita sorte em seu caminho no Rio de Janeiro. Se passar da estreia, contra o argentino Horacio Zeballos, o "showman" pode enfrentar Marin Cilic, atual número 3 do mundo, que encara um tenista vindo do qualifying logo na primeira rodada.

Atual campeão do Rio Open, Dominic Thiem tem uma chave tranquila pelo caminho para tentar o bi no torneio. Na estreia, enfrenta o sérvio Dusan Lajovic e, caso confirme seu favoritismo, pode ter Fernando Verdasco, apenas o oitavo cabeça de chave, pela frente nas quartas de final.

Melo e Soares só podem se enfrentar na final de duplas

Principais nomes de duplas do Brasil, Marcelo Melo e Bruno Soares vão atuar no Rio Open com seus respectivos parceiros, Lukasz Kubot e Jamie Murray, e serão os cabeças de chave números 1 e 2 da competição. O sorteio acabou sendo favorável para ambos. Melo encara uma dupla vinda do qualifying, enquanto Soares pega os brasileiros Thiago Monteiro e Fabiano de Paula, que entram como convidados.

Também estão na chave Thomaz Bellucci e André Sá, que fará o penúltimo torneio antes de encerrar a carreira. Na estreia, eles encaram os argentinso Andres Molteni e Horacio Zeballos e podem enfrentar Melo e Kubot logo na segunda rodada. Marcelo Demoliner vai atuar ao lado do francês Gael Monfils e enfrenta Pablo Carreño Busta e Pablo Cuevas, campeões do Rio Open em 2017.

Globo Esporte