quarta-feira, 28 de março de 2018

Em má fase, Feijão cai para colombiano em jogo de 3h na estreia no México

 (Foto: Divulgação / San Luis Open)


O tenista brasileiro João "Feijão" Souza continua vivendo uma fase muito ruim. Nesta terça-feira, ele foi derrotado na estreia do Challenger de San Luis Potosí, no México, em uma batalha de 3h07, contra o colombiano Daniel Elahi Galan (286º da ATP). Galan fez 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (2), 7/6 (4) e 7/5.

Feijão, que é o atual 291º do ranking mundial, não vence uma partida de chave principal em um torneio de nível challenger ou ATP desde outubro de 2017. Sem pontuar no México, ele perderá mais oito pontos na próxima atualização do ranking e, com isso, deve deixar o top-300 pela primeira vez desde fevereiro de 2008.

Feijão começou a partida com uma quebra sobre Galan e manteve a vantagem no placar durante quase todo o primeiro set. Quando sacava com 5/4 para fechar a primeira parcial, o tenistas de Mogi das Cruzes-SP teve o serviço quebrado pelo colombiano. O jogo foi para o tie-break, e o brasileiro levou a melhor por 7 a 2, fechando o set em 7/6.

No segundo set os dois tenistas enfrentaram problemas com seus saques. Feijão conseguiu uma quebra, depois Galan respondeu com duas quebras em sequência. Mas Feijão voltou a quebrar o serviço do colombiano para forçar o tie-break. Desta vez, melhor para Galan, que venceu por 7 a 4.

No terceiro set Feijão abriu 2/0 no início, mas Galan se recuperou e, com duas quebras, fechou a parcial em 7/5 para confirmar a vitória. Agora, o colombiano espera o vencedor do jogo entre o brasileiro Thomaz Bellucci (135º) e o argentino Andrea Collarini (238º) para conhecer seu adversário na segunda rodada.

O outro brasileiro na chave principal de San Luis Potosí é Pedro Sakamoto (441º), que furou o quali e encara o argentino Federico Coria (309º), nesta terça.

Globo Esporte