quinta-feira, 19 de abril de 2018

Fla empata no fim, Bruno pega dois pênaltis e garante título invicto contra o Real Madrid

(Foto: Reprodução)


"Cheguei... Cheguei chegando, bagunçando a zorra toda!". Foi com Ludmilla de trilha sonora que o Flamengo comemorou o título invicto do Campeonato Internacional Sub-16 de Dubai. Sem brilho contra o Real Madrid, mas coroando uma campanha com grandes atuações, o Rubro-Negro viu os merengues comandarem as ações e o placar até os 49 minutos do 2º tempo, mas tirou forças nos acréscimos para levar a decisão para os pênaltis com um gol de Jean Carlos e soltar o grito com duas defesas de Bruno, que garantiram a taça para os "Garotos do Ninho". 

Um jogo para ficar marcado na memória do jovem do Flamengo. Bruno, de 16 anos, entrou em campo sem ter tanto trabalho na competição. Até a decisão, o Flamengo atropelou os adversários, e o goleiro passou como coadjuvante. Mas contra o Real Madrid veio o teste de fogo. Com a bola rolando, não conseguiu parar Cuenca no pênalti que colocou o adversário no comando do placar, mas fez milagre em finalização de Lancho, já na segunda etapa, e brilhou no fim: foram duas defesas nas penalidades - contra o mesmo Cuenca e Luamba - e status de heroi na comemoração. 

O Campeonato Internacional de Dubai vai demorar a sair da cabeça de Reinier. O camisa 10 do Flamengo passou a decisão apagado, mas foi crucial no fim. Com mais uma assistência - a 8ª dele no torneio -, deixou Jean Carlos na cara do gol para empatar aos 49 minutos da segunda etapa. Ainda terminou como artilheiro: nove gols em cinco jogos. 

Além do título, o jogo ficou marcado por um choque forte entre Canizares e Lorenzo Herrea. Aos 13 minutos do 2º tempo, o garoto do Real Madrid, na tentativa de proteger bola levantada na área, levou uma joelhada do companheiro e caiu desacordado no gramado. O atendimento começou em campo, levou cerca de dez minutos e terminou com o camisa 2 sendo encaminhado de ambulância a um hospital da região.

Globo Esporte