quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Com seis brasileiros, Torneio da Flórida anuncia edição de 2017

 (Foto: Fred Gomes)


A organização do Torneio da Flórida divulgou nesta quinta-feira, em evento realizado em São Paulo, o regulamento e a tabela da edição de 2017 da competição. 

Depois de Corinthians, Flamengo, Vasco, Atlético-MG e Internacional, a surpresa no evento foi o anúncio do São Paulo como um dos brasileiros participantes. 

Bayer Leverkusen e Wolfsburg, da Alemanha, Barcelona, do Equador, River Plate, da Argentina, Millonarios, da Colômbia, Shangai Sipg, da China, e Tampa Bay Rowdies, dos Estados Unidos, são os outros participantes do torneio.

Com o aumento do número de participantes, a organização dividiu a competição em duas partidas. Na primeira, chamada de "Challenge Clash of Nations", entre os dias 7 e 15 de janeiro, haverá uma disputa entre países. O Brasil será representado por Flamengo e Atlético-MG. Bayer Leverkusen e Wolfsburg jogam pela Alemanha, enquanto Tampa e um clube a ser definido atuam pelos Estados Unidos. Os times vão pontuar para seus respectivos países. Vitória vale três pontos, empate um, e a equipe que vencer nos pênaltis ganha um ponto extra.

O Atlético-MG vai enfrentar o Bayer Leverkusen e o Tampa Bay. O Flamengo encara o Wolfsburg e mais um convidado do grupo americano, ainda a ser definido.

A segunda parte do torneio, de 15 a 21 de janeiro, será no formato mata-mata. O Corinthians enfrenta o River Plate, e o Vasco encara o Barcelona de Guayaquil. Do outro lado do chaveamento, o São Paulo duela com o Shangai, e o Internacional decide a vaga na semifinal com o Millonarios.

– Nós ouvimos os pedidos dos torcedores e decidimos apostar em um formato com final – explicou o diretor do Torneio da Florida, Ricardo Villar.

De acordo com a organização, os ingressos para a competição serão vendidos a partir das próximas semanas. Os interessados poderão se cadastrar no site do torneio  para receber informações sobre a abertura da comercialização dos bilhetes.

A direção do torneio optou ainda por separar alguns clubes brasileiros em virtudes das rivalidades regionais. Mesmo assim, ainda há a possibilidade de São Paulo e Corinthians se encontrarem na decisão.

– É uma tensão que temos desde o início do evento. Quando forem lançados os pacotes de viagens, vocês poderão ver que as equipes rivais são se cruzarão durante a competição. Nunca tivemos problemas até hoje. O pessoal que vai para fora respeita – disse Ricardo Villar, CEO do Torneio da Flórida.

Globo Esporte