domingo, 18 de setembro de 2016

Edneusa Dorta ganha o bronze na maratona

 (Foto: Twitter/Brasil 2016)


O último dia dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 também foi dia de pódio para o Brasil. A veterana Edneusa Dorta foi a terceira colocada na maratona da classe T12, disputada em Copacabana, e garantiu o bronze, a medalha de número 72 do país nos Jogos. 

Edneusa, de 40 anos, se manteve entre as três primeiras colocadas durante todos os 42,195km da prova. A brasileira cruzou a linha de chegada após 3h18min33s e foi a terceira mais rápida, atrás da espanhola Elena Congost, que levou o ouro com 3h01min43s, e da japonesa Misato Michishita, que foi prata com 3min06s52.

Na prova masculina da mesma classe, a vitória foi do marroquino El Amin Chentouf, que fez o tempo de 2h32min17s, seguido pelo espanhol Alberto Laso, prata com 2h33min11s, e pelo japonês Masahiro, bronze com 2h33min59s. 

Na maratona masculina da classe T45/46, o ouro foi para a China, com Chaoyan Li, que marcou 2h33min35s. O espanhol Abderrahman Khamouch levou a prata com 2h37min01s e o português Manuel Mendes completou o pódio com 2h49min57s. O brasileiro Alex Silva participou da prova, mas não concluiu a distância.

Rio 2016